Pilotos do São Paulo FC mostram evolução em Interlagos. Para os primos Bruno e Rodrigo Baptista, segundo final de semana da temporada 2012 do kartismo paulista foi de aprendizado

Se o São Paulo FC já foi o mentor de grandes revelações no futebol brasileiro, pode-se dizer que os passos para o feito continuam a ser seguidos pelo clube, que agora quer ver representantes do Tricolor fazendo sucesso nas pistas. No último sábado (04/02), os primos Bruno e Rodrigo Baptista foram os encarregados de representar o Soberano na abertura da temporada 2012 da Copa SP Light de Kart na categoria Sprinter, no lendário Kartódromo de Interlagos.

Para os estreantes na modalidade, o dia foi de aprendizado. “Enfrentamos algumas dificuldades ao longo do dia e eu acho que deu para sentir como que vai ser a competitividade desse campeonato daqui para o fim da temporada”, comenta Bruno, que teve um quinto lugar na primeira corrida como melhor resultado do dia.

“Desde o início eu senti que o meu motor não estava bom, faltava velocidade e depois tive alguns toques. Mas o dia foi muito positivo, porque eu consegui andar em um bom ritmo e andei de igual para igual, brigando pelo quinto lugar da primeira corrida, o que é ótimo para o meu aprendizado e minha evolução. Acho que hoje foi um dia bastante positivo para eu dar sequência a esse desenvolvimento”, completou o garoto de quinze anos, que dos 21 pilotos que participaram, foi o terceiro entre os que estrearam este ano no kartismo..

Já para Rodrigo Annichino Baptista, primo de Bruno, o dia foi de estreia, com sua primeira corrida. O calouro – que não levou trote de ninguém – brigou pelo top-10 de ambas as baterias, que contaram com mais de 20 competidores.

“Foi uma estreia um pouco difícil, porque eu tive que enfrentar outros pilotos que treinam há mais tempo e tem mais preparo físico, enquanto que eu acabei de começar. Nas próximas semanas, vou continuar me preparando e fazendo um treinamento mais específico para aprimorar o meu condicionamento físico antes da próxima corrida. Hoje deu para sentir como que é o ritmo da competição e já comecei a me adaptar a ele”, analisou o dono do kart #13 da equipe Nelsinho Competições.

Marcelo Piedade, experiente coach e chefe de equipe dos rapazes, destacou a continuidade do aprendizado de seus pupilos.

“O fim de semana foi razoável. Poderíamos ter conseguido resultados melhores, mas alguns problemas mecânicos acabaram atrapalhando. Treinamos bastante com o Bruno desde a última corrida e ele mostrou evolução no aprendizado. Terminou com um quinto lugar na primeira corrida e guiou bem”, contou.

“A estreia do Rodrigo também foi boa, ele teve uma pilotagem correta, mostrou arrojo e teve bons momentos nas corridas. Ele ainda está se adaptando, mas fica a expectativa de uma evolução ao longo do ano”, finalizou.

Enquanto os treinamentos no “CT de kart” do São Paulo FC prosseguem, o calendário da Copa SP Light terá um mês de pausa antes da segunda etapa, que será realizada no próximo dia 3 em Barueri (no kartódromo, não no estádio).

A Copa São Paulo Light Kart na Sprinter, depois de duas provas ficou assim:
1) Eduardo Rangel, 20 pontos; 2) Arthur Rebouças e Leandro Law, 15; 4) Gustavo Dal Pizzol, 11; 5) Diego Meira, 9; 6) Matheus Pelizzer, 8; 7) Bruno Baptista e Lorenzo Duva, 6; 9) Leonardo Lamelas, 5; 10) Lazzaro Barros e Nicola Piuotto, 4.

Mais...


Leia Também:
Anterior:

Próxima: