Na posse do novo ministro das Cidades, presidenta Dilma defende aumento dos investimentos públicos

Presidenta Dilma Rousseff durante cerimônia de posse do Ministro das Cidades, Aguinaldo Ribeiro. Foto: Roberto Stuckert Filho/PR

Na cerimônia de posse do novo ministro das Cidades, Aguinaldo Ribeiro, a presidenta Dilma Rousseff disse hoje (6) que o governo pretende aumentar o investimento público para garantir o crescimento sustentável da economia. Segundo a presidenta, o Ministério das Cidades é estratégico para o governo, porque concentra políticas públicas decisivas para o papel do Estado como indutor do desenvolvimento.

“A atuação do Ministério das Cidades será decisiva para o investimento público no sentido de garantir o crescimento sustentável para o nosso país e melhores condições de vida para sua população. Essa é uma tarefa que estamos executando. Muda o comando, mas a tarefa persiste. É parte intrínseca do modelo de desenvolvimento que estamos consolidando no Brasil”, disse a presidenta na cerimônia.

Ela destacou o caráter federativo do Ministério das Cidades uma vez que a execução dos projetos nas áreas de habitação, saneamento e infraestrutura urbana depende das parcerias com estados e municípios.

“O Ministério das Cidades é um dos ministérios mais federativos. A federação se faz nesta pasta de forma presente, contínua, sistemática. Sem respeitar a federação, não é possível executar os programas no Ministério das Cidades. A atividade exige parceria e isso impõe ao seu titular capacidade de negociação, bom trânsito político e postura rigorosamente republicana.”

No primeiro discurso como ministro das Cidades, Aguinaldo Ribeiro assumiu o compromisso de “destravar as engrenagens” para garantir a execução dos projetos, de fiscalizar para garantir o cumprimento das metas, e ter como maior “missão” o foco na gestão.

“É possível gerenciar, pensar grande na hora de conceber e agir no detalhe na hora de executar. Isso, ao meu ver, é o que significa modernidade na hora de fazer política. É romper o falso dilema entre política e gestão. A boa gestão na vida pública tem que ser política no seu sentido mais amplo. A boa política nos dias de hoje tem que estar baseada na gestão, nos resultados concretos, na realização, no alcance de metas, na eficiência, na busca permanente por avanços”, disse o ministro.

Na sua despedida, o ex-ministro Mário Negromonte lembrou as realizações de sua gestão a frente do Ministério das Cidades e assegurou o apoio ao governo na volta à Câmara dos Deputados.

“Atuamos diuturnamente para cumprir as metas estabelecidas pelo governo. Procuramos e conseguimos imprimir uma gestão transparente e colaborativa. Priorizamos ações de maior repercussão social. Asseguro e reitero que sempre contará com o nosso apoio”, disse Negromonte.

Artigos relacionados

  • Alteração da agenda: cerimônia de posse do ministro das Cidades, Aguinaldo Ribeiro
  • Novo ministro das Cidades afirma que trabalhará para superar obstáculos e agilizar projetos da pasta
  • Na posse do novo ministro, presidenta Dilma fala sobre força do setor agropecuário para o desenvolvimento do país



Leia Também:
Anterior:

Próxima: