Transit foi eleita Van do Ano 2012 no Reino Unido e cresce a participação no Brasil

A Ford Transit foi eleita Van do Ano 2012 no Reino Unido pelo principal site especializado daquele mercado, vencendo também nas categorias de melhor furgão curto e melhor van de passageiros. Veículo comercial leve líder de vendas há mais de 40 anos na Europa, a Ford Transit vem avançando em participação no mercado brasileiro.

A linha Transit é vendida no Brasil nas configurações furgão curto, furgão longo, chassi-cabine e van de passageiros. Todas vêm equipadas de série com airbag para o motorista, freio a disco nas quatro rodas com ABS e distribuição eletrônica de frenagem, controle eletrônico de estabilidade e tração, assistência de partida em rampa, baterias duplas que evitam panes elétricas, sistema PATS de proteção antifurto e rádio CD-player com comandos na coluna de direção.

A van da Ford é equipada com motor Duratorq 2.4 L turbodiesel, de 115 cv, câmbio de seis marchas e tração traseira. Suas versões furgão contam com uma das maiores capacidades de carga do segmento, de 7,5 m3 (1.400 kg) no modelo curto e 11,3 m3 (1.420 kg) no modelo longo. A Transit chassi-cabine comporta baú de até 20,3 m3. Já a van de passageiros transporta 13 pessoas, além do motorista, com cintos de segurança de três pontos em todos os bancos.

Mercado exigente
“Em um mercado tão competitivo e exigente, os transportadores escolhem a Transit pela confiabilidade e economia operacional. Ela é a linha que oferece os modelos mais econômicos, eficientes e duráveis e têm a tecnologia mais avançada do segmento”, comemorou Steve Clary, diretor de Veículos Comerciais da Ford do Reino Unido.

No Reino Unido, o site Vans A2Z oferece acesso gratuito a uma lista completa com as especificações de todas as vans e caminhões leves vendidos no Reino Unido. Cada modelo é acompanhado de uma avaliação específica e de um vídeo de test-drive.

No Brasil
A Ford Transit foi a linha que mais cresceu no segmento de vans comerciais em 2011, com um avanço de 79%. No primeiro bimestre de 2012, seu volume cresceu 19,4% em relação ao mesmo período do ano passado, com 750 unidades emplacadas. Com isso, aumentou sua participação em 1,4 ponto porcentual, para 8,3%, que mostra a consolidação da linha no mercado.



Leia Também:
Anterior:

Próxima: