Publicidade

Lâmpadas de LED automotivas proporcionam maior economia e redução de custos com manutenção. Wurth do Brasil lança modelos de lâmpadas de led para sinalização, como ré, seta, freio e pisca alerta, que podem ser utilizados em qualquer tipo de veículo

Cansado com altos custos de manutenção com lâmpadas em sua frota ou até mesmo eu seu veículo? As lâmpadas de ré, lanterna, freio e setas do seu carro, moto ou caminhão queimam constantemente? E, além disso, ainda tem que arcar com as multas em função da falta de iluminação de sinalização do seu veículo?

As lâmpadas de LED Wurth podem ajudar a minimizar e até mesmo acabar com esses tipos de problemas. Isso acontece porque as luzes de diodo emissor de luz (LED) são mais duráveis que as convencionais, podendo resistir em média até 18 vezes mais quem as lâmpadas comuns.

As lâmpadas LED Wurth são ecologicamente corretas, altamente resistentes a impactos e vibrações, pois são isentas de filamentos e bulbos de vidro com baixo consumo de energia. Isso faz com que elas não esquentem, tenham alta luminosidade e brilho em cores puras.

De olho nas tendências mundiais do mercado automotivo, a Wurth do Brasil lançou uma linha de lâmpadas de LED para sinalização veicular. O técnico de Produtos de Fixação da Wurth do Brasil, Clécio Roberto, explica detalhes dessa novidade.

“As lâmpadas de LED tem vida útil infinitamente maior que as lâmpadas comuns, com isso no final das contas o usuário terá um custo com manutenção reduzido significativamente. Entre outras vantagens uma que vale a pena destacar é sua alta resistência a impactos e vibrações devido à ausência de filamentos e bulbos de vidro. Essa lâmpadas ainda são ecologicamente corretas, pois são livres de metais pesados, como o Chumbo e o Mercúrio e não emitem raios Ultravioleta e Infravermelho como as lâmpadas comuns”.

Os modelos de lâmpadas de LED para sinalização da Wurth estão disponíveis nos modelos 12v e 24v e podem ser utilizadas em todos os tipos de veículos leves e pesados, respectivamente. Basta o motorista consultar o manual do proprietário e verificar qual o tipo mais adequado ao seu veículo.

O técnico da Wurth do Brasil ainda fala sobre as vantagens financeiras. “Ao falarmos do custo de uma lâmpada é inevitável que pensemos diretamente no preço da lâmpada e não levamos em consideração os custos do tempo médio necessário para que aquela troca seja feita novamente, bem como quantas vezes essas trocas serão necessárias num intervalo de tempo por causa da qualidade dela. Nesse sentido, o usuário poderá pagar até 150% a mais nesses serviços porque comprou um produto de origem e qualidade duvidosa para aquela situação, e ainda correu o risco de ser multado e na pior das hipóteses sofrer um acidente por ter em seu veículo uma lâmpada queimada”.

As lâmpadas LED da Wurth foram fabricadas para serem utilizadas na iluminação automotiva. Por isso, substituem com segurança e conforto as lâmpadas de freio, ré, seta, placa, luz de cortesia de teto, tipo pingo (do farol), luz de porta malas, luzes externas de carroceria de ônibus, caminhão e vans e qualquer outra aplicação compatível com os modelos comercializados. Os produtos são vendidos na cor branca para a ré; vermelha, para freio e lanterna; amarela para a seta; e azul, para iluminação interna.

De acordo com Clécio Roberto, o único contratempo que o usuário pode se deparar ao instalar a lâmpada LED é a má leitura do veículo em relação ao equipamento, em especial os que possuem computador de bordo. O baixo consumo pode acusar que a lâmpada está queimada (quando na verdade não está) e, consequentemente, pode não acender ou piscar rápido demais. Para corrigir este problema, o usuário deve instalar um resistor para que a lâmpada tenha seu funcionamento normal estabelecido.


Publicidade


Leia Também:
Anterior:

Próxima:

Publicidade