Publicidade

Beto Monteiro confessa surpresa com vantagem na liderança da Truck. Piloto pernambucano depende do décimo lugar na próxima corrida, em Caruaru, para manter liderança diante de sua torcida

Duas corridas, duas vitórias. Beto Monteiro não imaginou, nem mesmo em seus prognósticos mais otimistas, que pudesse ter um início de temporada tão positivo, à luz dos resultados, no Campeonato Brasileiro de Fórmula Truck. Depois das vitórias nas corridas do Velopark, no dia 4 de março, e do Rio de Janeiro, no último domingo (1º), o piloto pernambucano sustenta uma cômoda vantagem na tabela de classificação.

Monteiro, que pilota para a Scuderia Iveco, marcou 60 dos 64 pontos que lhe seriam possíveis em duas corridas. Tem 26 de vantagem em relação aos paulistas Felipe Giaffone e André Marques, que são parceiros na equipe RM Competições e empatam na vice-liderança. Essa é a vantagem que levará a Pernambuco para a prova do dia 6 de maio, terceira do ano, em que vai lutar diante de sua torcida pela terceira vitória consecutiva.

Campeão em 2004, ano em que competia pela Ford, Monteiro admite sua surpresa com a vantagem na liderança. “Não temos tido o caminhão mais rápido desse comecinho de campeonato, mas as coisas até aqui aconteceram a nosso favor”, pondera o piloto, dono de oito vitórias na Truck. “É só o começo da disputa, teremos muito trabalho para tentar continuar entre os primeiros. Mas claro que o momento motiva bastante”, continua.

O caminho para a vitória na abertura da temporada, no Velopark, teve seu ponto de partida na conquista da pole-position. “Fiz uma volta arriscada, no limite do limite, mesmo, e acabou dando certo”, lembra. Na corrida, chegou a perder a liderança duas vezes para Leandro Totti, que abandonou quando era primeiro colocado. No Rio, largando em sexto, soube esquivar-se dos toques na largada e assumiu a liderança na quinta volta.

O líder da temporada da Fórmula Truck não esconde sua expectativa especial quanto à etapa em Caruaru, pista onde sempre tem o apoio maciço da torcida. “Ganhei a corrida de 2004 em Caruaru e aquele foi um dos momentos mais agradáveis da minha carreira. Vai ser muito difícil a disputa para nós lá, a competitividade vai ser altíssima. Mas quando a gente vai para a pista é para tentar ganhar, às vezes dá certo. E vou tentar”, prometeu.

CLASSIFICAÇÃO
Monteiro é líder do Brasileiro com 60 pontos, contra 34 de Giaffone e Marques, da Volkswagen. Roberval Andrade, da Scania, e Paulo Salustiano, da Volvo, vêm a seguir, com 24 e 22. O Campeonato Sul-Americano também tem o pernambucano no comando, com 30, contra 22 de Giaffone, 17 de Marques, 14 de Adalberto Jardim. A corrida do mês que vem em Caruaru valerá como terceira etapa do Brasileiro e segunda do Sul-Americano.


Publicidade


Leia Também:
Anterior:

Próxima:

Publicidade