Publicidade

Primeiro-ministro do estado alemão da Baviera reuniu-se com diretores da Audi Brasil. Horst Seehofer visitou a sede da Audi com o objetivo de aprofundar o conhecimento sobre o mercado premium no país

O primeiro-ministro do estado alemão da Baviera, Horst Seehofer, se reuniu nesta segunda-feira (9) com os diretores da Audi Brasil na sede da empresa. Durante a visita, ele assistiu à uma apresentação sobre a história e a atuação da Audi no país e sobre o funcionamento do mercado premium de carros no Brasil. A Audi é hoje uma das principais fabricantes de veículos neste segmento.

“A Audi Brasil tem apresentado nos últimos meses uma das maiores taxas de crescimento da empresa no mundo e a maior na América Latina, o que se deve também ao bom momento econômico que o Brasil está vivendo. Estamos atraindo a atenção global, por todas as condições positivas que apresentamos e, portanto, é uma honra receber um representante do governo alemão para apresentar nossas conquistas e até desenvolver novos negócios”, afirma Miguel Garcia, diretor de administração e finanças da Audi Brasil.

Acompanhado por uma delegação formada por mais de 70 representantes dos setores político, econômico e científico, o ministro participará ainda da 6ª Conferência de Chefes de Estado das Regiões Parceiras da Baviera, que será realizada dia 11 de abril.

O encontro vai reunir líderes das seis regiões do mundo que mantém estreitos laços de parceria com a Baviera: Chendong (China); Alta-Áustria (Austria); Quebec (Canadá); West Cape (África do Sul); Geórgia (Estados Unidos); e São Paulo. Nesta edição, a cúpula vai debater a questão das energias renováveis e sustentabilidade.

Além da visita aos diretores da Audi Brasil, o ministro e sua delegação também reservam visitas a entidades como: o Centro Alemão de Inovação e Ciência (DWIH), à Fiesp, à ANFAVEA, ao Sindipeças, à Universidade de São Paulo, à Cúria Metropolitana, ao Parque Tecnológico de S.J dos Campos, à FAPESP, as unidades das empresas alemãs Siemens e Allianz, e, ainda, às obras do Itaquerão.


Publicidade


Leia Também:
Anterior:

Próxima:

Publicidade