Publicidade

Fiat Ducato 2013 chega ao mercado muito mais econômico

Líder de vendas há nove anos em seu segmento, a linha 2013 do Ducato que está chegando às concessionárias Fiat traz um motor ainda mais econômico e amigável ao meio ambiente. O torque aumentou 6%, enquanto o consumo de combustível foi reduzido em até 8%

Mais econômico e com mais torque, o Fiat Ducato 2013 chega ao mercado totalmente adequado ao novo patamar da legislação de emissões veiculares, enquadrando-se nos níveis do Proconve L6. O modelo também traz inovações em seu conjunto.

O motor F1A MultiJet Economy, desenvolvido e produzido pela FPT Industrial, segundo o moderno conceito de downsizing, incorpora alterações que deixaram o Ducato mais econômico em até 8% se comparado ao modelo anterior. O motor conta também com o sistema MultiJet II, que garante maior precisão da injeção de combustível. Com ele, o propulsor apresenta melhor desempenho, além de menores consumo de combustível, ruído e emissões de NOx (óxidos de nitrogênio). A nova calibração e o implemento de novas tecnologias melhoraram o desempenho do veículo ainda nas acelerações e retomadas. Os 127 cv de potência a 3.600 rpm foram mantidos, enquanto o torque aumentou em 6%, de 30,7 Kgfm para 32,6 kgfm a 1.800 rpm, dando um comportamento ainda mais ágil ao Fiat Ducato.

Além disso, para chegar aos níveis de consumo e emissão desejados, o Fiat Ducato 2013 adotou o sistema EGR (Recirculação dos Gases de Escape) para redução da emissão de NOx, o filtro catalisador tipo DOC (catalisador de oxidação de diesel) e o filtro de gases de escapamento DPF (filtro de partículas de diesel) para menor emissão de material particulado. Com isso, obtém-se uma eficiência de até 99%, atendendo aos requisitos do Proconve L6. Este sistema, se comparado ao SCR (Redução Catalítica Seletiva), usado em caminhões pesados, tem como principal vantagem o menor custo para o cliente, já que não precisa da adição do ARLA 32 (Agente Redutor Líquido Automotivo), comercializado em postos e concessionárias.

Destacado por seu excelente Total Life Cost, o custo total da vida do veículo, que inclui preço de aquisição, custo de operação, custo de manutenção e valor de revenda, o Fiat Ducato 2013 tem ainda como diferencial sua ampla gama. As sete versões abrangem transporte de passageiros, de carga e configurações especiais, para atender qualquer necessidade do cliente.

Entre os veículos para passageiros, estão o Minibus Teto Baixo (15+1 passageiros mais espaço de bagagem) e o Minibus Teto Alto (15+1 passageiros mais espaço de bagagem). Já os veículos para transporte de carga incluem o Cargo 7,5m³, o Cargo L 9,0m³, o Maxi Cargo 10m³ e o Maxi Cargo 12 m³. E para completar a gama, o Ducato ainda possui Multi Teto Alto, uma versão que ressalta toda a versatilidade do modelo. Esta versão pode ser transformada para atender diversas necessidades em veículos comerciais, como para executivos, transporte escolar, passageiros com necessidades especiais, entre outras possibilidades.

O Fiat Ducato 2013 conta com o suporte da maior rede de atendimento do segmento, são mais de 230 pontos espalhados por todo o Brasil, todos equipados com ferramentas específicas e peças genuínas adequadas às necessidades de reparação, além de pessoal treinado pela Fiat e de serviço de assistência 24 horas, por meio do Confiat, que presta socorro em qualquer ponto do território nacional

Confira abaixo a gama do Fiat Ducato 2013 e o preço de suas versões:
Ducato Cargo 7,5m³ – R$ 76.380
Ducato Cargo L 9,0m³ – R$ 80.770
Ducato Maxi Cargo 10m³ – R$ 84.590
Ducato Maxi Cargo 12 m³ – R$ 86.820
Ducato Minibus Teto Baixo – R$ 93.090
Ducato Minibus Teto Alto – R$ 99.950
Ducato Multi


Publicidade


Leia Também:
Anterior:

Próxima:

Publicidade