Publicidade

Sinotruk cria joint-venture e assina protocolo de intenções para fábrica em Santa Catarina

Com a joint-venture, representantes da CNHTC (China National Heavy Duty Truck Group Corporation) anunciaram também o início das exportações de 2 mil caminhões para a Sinotruk Brasil

A importadora de caminhões Elecsonic, conhecida como Sinotruk Brasil anunciounesta terça-feira (10), em São Paulo, a criação de uma joint-venture com grupo CNHTC ( China National Heavy Duty Truck Group Corporation) com o objetivo de construir uma fábrica de caminhões da marca Sinotruk no munícipio de Lages, em Santa Catarina, que em primeiro momento importará peças produzidas pela CNHTC no processo KD (Knock-down), mas com a projeção de nacionalizar pelo menos 65% das peças.

Com a criação da joint-venture, representantes da CNHTC e Sinotruk Brasil anunciaram também o início das exportações de 2 mil unidades de caminhões para a Sinotruk Brasil que será a primeira fase do projeto, enquanto a unidade de Lages é instalada.
O evento contou com a presença de Ma Chunji, chairman do grupo Sinotruk, Liu Wei, vice-presidente do grupo Sinotruk e Cai Limin, vice-governador da província de Shandong.

Além do anúncio da joint-venture, houve também a assinatura de um protocolo de intenções para a construção da fábrica de Lages, com a presença do governador de Santa Catarina, João Raimundo Colombo, o prefeito de Lages, Renato Nunes, e demais autoridades locais. O documento garante que a empresa se instalará com os incentivos fiscais previstos pelas leis do Estado e do munícipio. “Esse momento tem grande significado para Lages. A Sinotruk é uma das maiores fábricas de caminhões do mundo e, em alguns meses, vai gerar centenas de empregos”, destaca o governador.

A fábrica terá capacidade inicial para a produção de 5 mil unidades por ano nos primeiros 12 meses, com previsão para chegar a 8 mil unidades em médio prazo. De acordo com Ma Chunji, chairman do grupo CNHTC, o investimento inicial será de R$ 300 milhões. “Essa é uma opção atraente para esse mercado altamente competitivo que é o Brasil. Temos certeza que nossos clientes estarão satisfeitos com os caminhões que aqui serão produzidos”, diz Joel Anderson, diretor geral da Elecsonic (Sinotruk Brasil).

Segundo Ma Chunji, os caminhões Sinotruk têm enorme aceitação internacional, incluindo os mercados da Europa. “Esse ano, as exportações já ultrapassaram 1 bilhão de dólares. Esse sucesso de vendas e uma rede completa de serviços classifica a Sinotruk como uma das mais importantes fabricantes de caminhões do mundo. Estamos contentes que a Sinotruk está tendo sucesso também na América Latina”, afirma o chairman.


Publicidade


Leia Também:
Anterior:

Próxima:

Publicidade