Publicidade

Sobratema Workshop 2012 debaterá o impacto do Proconve P7 no custo operacional das grandes construtoras. Evento também detalhará o novo combustível, o S50, as modificações no motor e a aplicação prática da nova norma

Uma das preocupações nos segmentos de construção pesada e mineração em relação à entrada em vigor da norma brasileira Proconve P7, é quanto a uma provável elevação nos custos operacionais dos caminhões nos canteiros das grandes obras. Estimativas preliminares, feitas por algumas empresas dos segmentos, apontam para um aumento da ordem de 7% no custo horário dos veículos utilizados nos canteiros.

Outro ponto que gera dúvida é quanto ao abastecimento e, principalmente, a logística do fornecimento do novo combustível, o S50, necessário para o atendimento da nova norma. No caso das grandes obras, muitas vezes são consumidos até 1 milhão de litros por mês de diesel, com o agravante de que elas, normalmente, estão em locais distantes dos grandes centros e, consequentemente, de difícil acesso. Os gestores das grandes obras indagam se haverá disponibilidade suficiente de combustível e também do aditivo, o ARLA, o agente líquido a base de ureia utilizado para a redução das emissões de Óxidos Nitrosos (NOx). Uma preocupação dominante é quanto ao atendimento das grandes demandas.

Para debater essas e outras questões, a SOBRATEMA – Associação Brasileira de Tecnologia para Equipamentos e Manutenção promoverá no dia 24 de abril, no Centro de Convenções Rebouças, o Sobratema Workshop 2012, que contará com palestras técnicas a serem proferidas por renomados profissionais da cadeia produtiva do setor.

De acordo com Claudio Schmidt, que fará a palestra “Como estas modificações irão alterar o dia a dia do usuário”, o Sobratema Workshop 2012 será uma ótima oportunidade para o participante esclarecer dúvidas sobre a nova legislação e, também compreender melhor todos os detalhes que envolvem a aplicação da nova norma. “Um ponto que deverá merecer atenção especial durante o evento é a necessidade de as grandes construtoras criarem uma nova estrutura para armazenar nos seus canteiros o novo combustível, o S50”, diz ele.

Schmidt, que é membro da diretoria técnica da Sobratema, observa ainda que o novo combustível só pode ser armazenado em tanques sem nenhum vestígio de outros tipos de combustíveis. Lembra, por fim, que também o ARLA, o aditivo necessário nos novos veículos, não pode ficar estocado em locais com temperaturas elevadas – o limite é 40 graus –, além de exigir reservatório de aço inox ou um tipo especial de plástico.

As vagas para o Sobratema Workshop 2012 são limitadas. Para se inscrever, basta entrar no site oficial do evento, www.sobratemaworkshop.com.br.

Serviço:
Sobratema Workshop 2012
Data: 24 de abril de 2012
Local: Centro de Convenções Rebouças – Av. Dr. Enéas Carvalho Aguiar, 23
Horário: 13h00 às 18h00
Estacionamento: Av. Rebouças, 600
Informações: http://www.sobratemaworkshop.com.br/


Publicidade


Leia Também:
Anterior:

Próxima:

Publicidade