Publicidade

Audi está desenvolvendo novas assinaturas de som para os seus modelos e-tron. Uma unidade de controle gera o som com base nos sinais do carro

Os futuros modelos e-tron da Audi percorrerão longas distâncias com motores elétricos basicamente silenciosos. Para garantir que os pedestres dos centros urbanos ouçam esses veículos, a marca dos quatro anéis desenvolveu uma solução sintética: o e-Sound Audi.

O responsável pelo desenvolvimento do projeto é Rudolf Halbmeir. O engenheiro de acústica da Audi trabalha com um piano digital na sua mesa, dois alto-falantes com qualidade de estúdio próximos ao computador e uma pilha de revistas sobre música ao lado. “O ronco do motor de um carro é semelhante à música”, conta Halbmeir.

O som é uma qualidade especialmente empolgante de um veículo, que pode ser descrita em termos físicos, mas precisa ser experimentada. O som de um carro é emocional, não intelectual. Por mais que a mente não registre constantemente os sons do carro na estrada, eles sempre estão presentes e exercem um papel essencial na experiência de condução de um veículo. Os sons emitem sinais: baixas frequências expressam potência e serenidade; médias demonstram esportividade e agilidade.

Todos os modelos da Audi emitem assinaturas sonoras que, além de harmoniosas, proporcionam também uma sensação de performance, qualidade e solidez. “Criar um bom design de som é uma tarefa complexa”, explica o Dr. Ralf Kunkel, diretor de acústica da Audi. “Reunimos muita experiência com o passar dos anos e, com isso, aprendemos a amplificar as frequências agradáveis e eliminar os ruídos indesejáveis”.

Nos atuais modelos de série da Audi, o som é produzido pelo motor à combustão. Um carro e-tron é movido por um motor elétrico que produz um ruído muito baixo e em altas frequências, que são menos agradáveis. Por isso os modelos e-tron da marca receberão um som sintético.

O e-Sound da Audi é sintético, mas de uma forma autêntica: ele é regenerado a cada milésimo de segundo, pelo próprio carro. “Nossa unidade de controle recebe constantemente informações do veículo sobre a rotação do motor elétrico, a carga, a velocidade e outros parâmetros. A partir destes dados geramos o som”, conclui o engenheiro Rudolf Halbmeier.

A maior parte do projeto foi desenvolvida no computador. Usando um software especial, o engenheiro Rudolf Halbmeir e sua equipe compõem, ouvem, alteram e aperfeiçoam os sons.

Mais informações: acesse www.audi-imprensa.com.br.


Publicidade


Leia Também:
Anterior:

Próxima:

Publicidade