Publicidade

DNA Security alerta sobre o aumento de roubos de veículos. Ação organizada de criminosos e facilidade na comercialização de peças automotivas estimula o crescimento de crimes

O número de furtos e roubos de carros no Brasil vem avançando de forma considerável. Isso se deve a uma ação mais organizada dos criminosos, que estão se especializando em burlar os sistemas de segurança mais comuns. Atualmente, a subtração indevida de automóveis movimenta cerca de R$ 500 milhões no estado de São Paulo, de acordo com informações da Divisão de Investigações sobre Furtos e Roubos de Veículos e Cargas (Divecar). Em geral, o destino desses veículos são os desmanches ilegais, onde os criminosos desmontam o bem e vendem as peças separadamente.

Segundo levantamento da Divecar, somente no primeiro bimestre de 2012 foram registrados 7.280 boletins de ocorrência em delegacias de polícia da capital. Seguindo esta estatística estima-se que serão roubados em São Paulo 43.600 veículos até o final do ano.

Inibir ações criminosas
De olho neste cenário, a DNA Security – empresa do Grupo DEKRA especialista em marcação de peças para o mercado automotivo – tem um sistema que incide sobre um dos maiores motivadores de roubos e furtos de veículos no Brasil: a venda ilegal de peças.

O DNADot, consiste na aplicação de até 7.000 micro pontos em mais de 40 partes do veículo, o que torna sua remoção praticamente impossível.
Esse sistema reduz drasticamente a abordagem dos criminosos, pois para eles uma peça identificada é uma peça perdida, pois a comercialização se torna economicamente inviável no mercado paralelo.

Fácil de usar, o sistema é aplicado em forma de spray e como é praticamente impossível remover todos os milhares de micropontos, o sistema garante a rastreabilidade em qualquer parte do mundo do objeto marcado e permite sua rápida identificação, por meio de uma consulta no banco de dados disponível na internet. Por isso, é uma ferramenta eficaz para inibir o roubo e inviabilizar a venda de peças no mercado clandestino, já que elas podem ser rastreadas e recuperadas.

“Um dos pontos mais fortes dessa tecnologia é fazer com que criminosos percam o interesse em realizar o roubo/furto deste veículo, agindo de forma preventiva com o principal objetivo de preservar a integridade e muitas vezes a vida de uma pessoa que passa pelo trauma de um assalto”, afirma José Aurélio Ramalho, consultor do Grupo DEKRA Brasil.

Para conhecer mais sobre esta tecnologia, basta acessar www.meudna.com.br.
Ou ligar para (11) 4418-7281.


Publicidade


Leia Também:
Anterior:

Próxima:

Publicidade