Publicidade

Gran Turismo – BMW Team Brasil estreia com vitória na GT3 e dobradinha na GT4

Estreia com vitória. Sem dúvida, a primeira corrida do BMW Team Brasil no Campeonato Brasileiro de Gran Turismo vai entrar para a história da categoria. A prova deste sábado (21) no autódromo de Santa Cruz do Sul (RS) teve emoção do começo ao fim e terminou com a vitória da dupla Cacá Bueno e Claudio Dahruj na GT3 com a BMW Z4 e a dobradinha da equipe na GT4, com Leonardo Cordeiro e William Starostik em primeiro, seguidos por Matheus Stumpf e Patrick Gonçalves com a BMW M3.

A festa da equipe só não foi completa em virtude da ausência da BMW Z4 de Valdeno Brito e Constantino Jr. No treino de sexta (20), Constantino bateu e o carro sofreu danos na estrutura que não puderam ser reparados a tempo para essa etapa.

Neste domingo (22), às 14h33, haverá a disputa da segunda prova da rodada de abertura do campeonato com os carros mais desejados do planeta. A corrida será transmitida ao vivo pela Rede TV! e SporTV.

Chuva e emoção do começo ao fim

Minutos antes da largada da prova deste sábado, nuvens carregadas já davam sinais de que a chuva estava próxima e ela caiu forte e interrompeu a corrida antes da terceira volta ser completada.

Cacá Bueno largou em terceiro com a BMW Z4 de número #0 e caiu para quarto na largada. O piloto, no entanto, vinha no mesmo ritmo que o líder Wagner Ebrahim, Claudio Ricci e Allam Khodair (que largou na pole e caiu para terceiro).

A chuva levou à intervenção do Safety Car e os pilotos pararam nos boxes para trocar os pneus slicks. Em seguida, a prova foi interrompida. Com a melhoria das condições, após aproximadamente 15 minutos, os pilotos voltaram para a pista nas mesmas posições de largada, agora com pneus de chuva.

Logo após a relargada, Ebrahim voltou a assumir a ponta, mas os quatro primeiros mantinham o mesmo ritmo. Na metade da disputa, Cacá errou uma freada, escapou e perdeu posições. O piloto entregou o carro para Dahruj na quinta posição e, foi na troca de pilotos, que a estratégia da equipe deu certo. Como a pista estava secando, Cacá recomendou a troca dos pneus de chuva por slicks.

Dahruj fez uma corrida perfeita, foi passando um a um até chegar no líder Fabio Ebrahim. E conquistou a ponta em uma bela ultrapassagem, quando abria a última volta.

Feliz da vida, o piloto comemorou como nunca. “Devo essa vitória ao Cacá. Ele apostou nos pneus slicks e eu quase rodei umas três vezes no começo, porque a pista ainda estava molhada. Mas foi a estratégia perfeita. Fiz a lição de casa e vencemos”, festejou o piloto que já tem quatro vitórias na categoria.

Vitorioso na pista gaúcha (já venceu três vezes na Stock Car), Cacá também comemorou a estreia com vitória. “Estrear em uma categoria ganhando é maravilhoso. A corrida teve de tudo: pista seca, chuva e ganhamos na estratégia. Na chuva, estava complicado para nós, mas antes da parada já avisei a equipe que a pista ainda não estava seca, mas ia ficar e que seria melhor trocar os pneus. A estratégia deu certo e o Claudio fez uma corrida brilhante. Como é bom ganhar”, disse o tetracampeão da Stock Car.

Na corrida deste domingo, Dahruj larga em quarto e Cacá assume o carro na reta final da prova.

Dobradinha do BMW Team Brasil na GT4

A BMW também fez a festa no pódio da GT4. Os estreantes Leonardo Cordeiro e William Starostik largaram em quarto e venceram. Ao contrário de Cacá e Dahruj, a dupla se manteve na pista com pneus de chuva.

“Foi inesquecível. Estou muito feliz. Minha primeira corrida de turismo e ainda com dificuldades em virtude da chuva, mas Graças a Deus deu tudo certo”, declarou Cordeiro, campeão da F-3 Sul-americana.

“Sem dúvida, foi uma ótima corrida. Estava difícil pilotar no final com os pneus de chuva na pista seca, mas conseguimos fazer um bom trabalho”, concluiu Starostik.

A outra dupla do BMW Team Brasil, Matheus Stumpf e Patrick Gonçalves, terminou em segundo. “Foi um segundo com gostinho de primeiro em virtude de alguns problemas técnicos que tivemos, mas foi divertido”, completou Patrick que na prova deste domingo larga na pole position.

Para Antonio Hermann, tricampeão com a AH Competições e responsável pela preparação dos carros do BMW Team Brasil, os resultados deste sábado são a prova de um trabalho sério e profissional. “Mostramos que o trabalho sério de uma equipe, de fazer as coisas certas, nas horas certas, traz os resultados. Não é falando, nem fugindo que se ganha”, finalizou.

Os resultados deste sábado em Santa Cruz do Sul:

1ª corrida
1º) 0 – C.Bueno/C.Dahruj (BM, SP/SP), 27 voltas em 45:16.334 (média de 126,31 km/h)
2º) 20 – F.Ebrahim/W.Ebrahim (AU , PR/PR), a 3.598
3º) 3 – R.Derani/C.Ricci (FE , SP/RS), a 10.485
4º) 30 – C.Faria/D.Rosa (MB , SP/RS), a 12.241
5º) 16 – M.Hahn/A.Kohdair (LA , SP/SP), a 32.345
6º) 75 – H.Assunção/R.Kastropil (LA , SP/SP), a 1 volta
7º) 15 – F.Tozzo/R.Mascarello (FE , RS/MT), a 1 volta
8º) 10 – C.Almeida/P.Ventura (LA , RS/RS), a 1 volta
9º) 46 – C.Kray/A.Toso (LA , RS/RS), a 1 volta
10º) 18 – F.Poeta/W.Derani (LA , RS/SP), a 2 voltas
11º) 12 – L.Cordeiro/W.Starostik (BM , SP/PR), a 2 voltas *
12º) 11 – M.Stumpf/P.Gonçalves (BM , RS/BA), a 2 voltas *
13º) 21 – F.Greco/V.Rossete (MA , SP/SP), a 2 voltas *
14º) 6 – V.Pinheiro/L.Burti (LO , SP/SP), a 2 voltas *
15º) 57 – S.Laganá/A.Hellmeister (AM , SP/SP), a 2 voltas *
16º) 105 – V.Faria/R.Guerra (MB , SP/SP), a 3 voltas
17º) 4 – F.Roso/V.Roso (FE , RS/RS), a 3 voltas
18º) 17 – R.Cattalini/R.Mathias (VI , SP/SP), a 6 voltas

* Categoria GT4

Grid 2ª corrida (domingo, 14h33)
1º) 16 – Marcelo Hahn (LA, SP), 1:18.789, média de 161,29 Km/h
2º) 20 – Fábio Ebrahim (AU, PR), 1:19.274
3º) 30 – Duda Rosa (MB, RS), 1:20.119
4º) 0 – Claudio Dahruj (BM, SP), 1:20.263
5º) 3 – Rafael Derani (FE, SP), 1:20.517
6º) 105 – Vanué Faria (MB, SP), 1:21.669
7º) 75 – Ronaldo Kastropil (LA, SP), 1:23.160
8º) 46 – Carlos Kray (LA, RS), 1:23.193
9º) 15 – Raijan Mascarello (FE, MT), 1:23.254
10º) 4 – Vinicius Roso (FE, RS), 1:24.264
11º) 10 – Cristiano de Almeida (LA, SP), 1:24.332
12º) 17 – Renato Cattalini (VI, SP), 1:24.802
13º) 18 – Walter Derani (LA, SP), 1:26.917
14º) 11 – Patrick Gonçalves (BM, BA), 1:27.274 *
15º) 12 – Willam Starostik (BM, PR), 1:27.388 *
16º) 6 – Valter Pinheiro (LO, SP), 1:29.105 *
17º) 57 – Sergio Laganá (AM, SP), 1:29.640 *
18º) 21 – Valter Rossete (MA, SP), 1:31.409 *

* Categoria GT4

Classificação dos campeonatos:

GT3
1 Caca Bueno 20
Cláudio Dahruj 20
2 Fábio Ebrahim 17
Wagner Ebrahim 17
3 Cláudio Ricci 15
Rafael Derani 15
4 Cleber Faria 13
Duda Rosa 13
5 Marcelo Hahn 11
Allam Khodair 11
6 Henrique Assunção 10
Ronaldo Kastropil 10
7 Felipe Tozzo 9
Raijan Mascarello 9
8 Cristiano de Almeida 8
Pierre Ventura 8
9 Andersom Toso 7
Carlos Kray 7
10 Fernando Poeta 6
Walter Derani 6
11 Renan Guerra 5
Vanuê Faria 5
12 Felipe Roso 4
Vinicius Roso 4
13 Ramon Matias 3
Renato Cattalini 3

GT4
1 Leonardo Cordeiro 20
William Starostik 20
2 Matheus Stumpf 17
Patrick Gonçalves 17
3 Valter Rossete 15
Fábio Greco 15
4 Valter Pinheiro 13
Leonardo Burti 13
5 Sergio Laganá 11
Alan Hellmeister 11


Publicidade


Leia Também:
Anterior:

Próxima:

Publicidade