Publicidade

Ford celebra 93 anos no Brasil com novos produtos globais

A Ford comemora hoje, 24 de abril, 93 anos de operação no Brasil. Esta foi a data em que Henry Ford aprovou, em 1919, a criação da subsidiária brasileira da empresa, que teve sua instalação aprovada pelo então presidente da República, Epitácio Pessoa. O aniversário praticamente coincidiu com outro evento histórico para a marca, que foi a apresentação da versão de produção do Novo EcoSport em um evento público no Farol da Barra, em Salvador, que reuniu cerca de 100.000 pessoas e gerou mais de 12 milhões de posts no Twitter.

Elena Ford, diretora de Marketing Global e tataraneta de Henry Ford, participou do evento na Bahia. “O Brasil é um mercado vital para a Ford e estamos orgulhosos da excelente equipe de desenvolvimento local. O Novo EcoSport vai fortalecer a marca e nosso portfólio de modelos aqui e em outros mercados-chave, como Índia e China.” No mesmo dia, o carro foi exibido no Salão de Beijing, na China, onde também será produzido.

Carros globais
Primeiro carro global da Ford desenvolvido na América do Sul, o Novo EcoSport marca uma nova era da engenharia brasileira. É um reconhecimento da capacidade dos times locais de Engenharia e Design de criar veículos inovadores e com qualidade para competir nos grandes mercados mundiais.

O novo utilitário esportivo é o segundo produto global da Ford a ser lançado no Brasil, depois do New Fiesta. A Ranger e o Fusion de nova geração são os próximos a entrar nesse portfólio, ao lado dos modelos atuais Ka, Fiesta RoCam, Focus, Edge, Courier, Troller e Transit, além dos caminhões Cargo.

Com esses produtos, a Ford oferece hoje uma das linhas mais completas do mercado, nos segmentos de automóveis, picapes, utilitários esportivos, crossovers, vans e caminhões.

Centro de desenvolvimento
Instalada em um pequeno galpão no centro de São Paulo, a Ford iniciou em 1919 a montagem do Modelo T. Dois anos depois, mudou para uma sede própria, no Bom Retiro, onde instalou a primeira linha de montagem de veículos do País. Em 1953, inaugurou a fábrica no bairro do Ipiranga, em São Paulo, que produziu o primeiro caminhão nacional, o F-600, além do Galaxie, a picape F-1000 e os caminhões Série F e Cargo.

Em 1967, adquiriu a fábrica de São Bernardo do Campo, em São Paulo, onde foram produzidos modelos de sucesso como Corcel, Maverick, Del Rey, Pampa, Escort, Verona, Fiesta e os atuais Ka e Courier. O Campo de Provas de Tatuí e a fábrica de motores e transmissões de Taubaté, no interior paulista, foram incorporadas à estrutura da empresa nos anos 70.

Em 2001, a Ford inaugurou a fábrica em Camaçari, na Bahia, pioneira no Nordeste e uma das mais modernas do mundo, onde hoje funciona também o Centro de Desenvolvimento do Produto da América do Sul. Ele é um dos oito centros globais de criação de veículos da marca e trabalha com as ferramentas mais avançadas com foco em quatro pilares: qualidade, sustentabilidade, segurança e criatividade.

O sonho do jovem Henry Ford de produzir carros resistentes e de preço acessível para as massas foi o embrião que levou a indústria automobilística a ser o que é hoje, uma das maiores impulsionadoras da produção, da tecnologia e do mercado, com extensa cadeia de fornecedores e empregos e investimento constante em inovação. Se pudesse ver essa evolução, ele com certeza ficaria satisfeito da decisão tomada há 93 anos de investir no mercado brasileiro.


Publicidade


Leia Também:
Anterior:

Próxima:

Publicidade