Transmissões ZF são requisito número 1 para empresários cariocas que atenderão demanda do primeiro BRT do Brasil para Copa do Mundo e Olimpíadas

O Grupo ZF está presente no lançamento do Corredor TransOeste, primeiro corredor BRT (Bus Rapid Transit) do Rio de Janeiro construído para atender às necessidades do transporte urbano de passageiros durante a Copa do Mundo 2014 e as Olimpíadas 2016.

No corredor vão operar 87 ônibus das empresas Jabour e Pegaso que rodarão nos 56 quilômetros entre os bairros de Santa Cruz, Campo Grande e Barra da Tijuca. Todos os veículos foram equipados com a transmissão automática ZF-Ecomat 4 de 6 marchas.

“Os ônibus Mercedes-Benz O500 MA que estão no Corredor TransOeste já atendem o novo padrão de emissões Euro 5 e foram equipados com a transmissão automática ZF-Ecomat por requerimento das empresas”, afirma Alexandre Marreco, gerente de Desenvolvimento de Negócios dos Sistemas de Transmissão do Grupo ZF.

De acordo com Marreco, além das 6 marchas, a solução da ZF possui o sistema de retardador primário integrado, que desacelera o veículo até 6 km/h, aumentando consequentemente a vida útil dos freios e pneus. “Há ainda o sistema Lock Up, que fecha o conversor de torque após tirar o veículo da inércia e auxilia diretamente na redução do consumo de combustível”.

Com uma programação inteligente, a ZF Ecomat foi especialmente desenvolvida para aplicações no transporte urbano. Para Marreco, valendo-se deste recurso tecnológico, “o Rio de Janeiro ganha as melhores soluções existentes do mercado, seja para passageiros, motoristas ou população em geral”.

Criado em Curitiba (PR) e exportado para cidades como Bogotá, Pequim e Johanesburgo, o BRT consiste num sistema de transporte público com ônibus articulados que circulam em vias segregadas e por isso operam em velocidade maior do que uma linha de ônibus comum. O embarque de passageiros é feito em estações com plataformas compatíveis com o piso dos veículos, reduzindo o tempo de embarque e com bilhetes vendidos antecipadamente.

Para aumentar a eficiência do transporte de passageiros, a caixa automática ZF-Ecomat 4 tem 6 marchas programadas para oferecer o máximo de desempenho e economia nas operações. “Por conta das trocas de marcha nos momentos adequados, o motor trabalha em rotações mais baixas, reduzindo o consumo de combustível, e, ao mesmo tempo, proporcionando menor ruído e conforto tanto do motorista quanto para passageiros”, ressalta o gerente da ZF.

O corredor expresso TransOeste ligará os bairros Barra da Tijuca, Campo Grande e Santa Cruz, e faz parte do pacote de obras viárias de preparação da cidade do Rio de Janeiro para receber a Copa do Mundo 2014 e os Jogos Olímpicos 2016. Com 56 quilômetros, a TransOeste vai diminuir em 50% o tempo gasto no trajeto entre os bairros e beneficiará cerca de 220 mil pessoas diariamente. Até 2016 serão inaugurados mais três corredores no Rio de Janeiro.



Leia Também:
Anterior:

Próxima: