Monroe é a primeira fabricante do País a receber o certificado de conformidade com a certificação do Inmetro para produzir amortecedores. A peça da Monroe atende a todas as normas e padrões de fabricação de acordo com as exigências do órgão

A Monroe é a primeira fabricante do Brasil a receber o certificado de conformidade com a certificação do Inmetro para a produção de amortecedores automotivos. A líder mundial no desenvolvimento e fabricação do componente – um dos itens mais importantes da segurança veicular – assegurou que todas as suas linhas de produção estão de acordo com as exigências da portaria nº 301/2011 do Inmetro, que estabelece normas para a fabricação de amortecedores no País. A entrega do certificado aconteceu durante cerimônia oficial na planta da Monroe, em Mogi Mirim (SP), nesta quarta-feira, dia 22, com a presença de executivos da Tenneco, proprietária da marca Monroe, e da diretora e do gerente de Desempenho de Negócios Automotivos da SGS ICS Certificadora, Rosemary França Vianna e Fábio Sianga.

Com maior demanda de produção, o processo de certificação teve início nas fábricas do Brasil e da Argentina e seguirá nos próximos meses para as demais fábricas da Monroe ao redor do mundo. Todos os amortecedores nacionais e importados conquistarão o selo do Inmetro, exigido por meio dos Requisitos de Avaliação da Conformidade (RAC), anexo à portaria nº 301/2011 do órgão.

A Monroe, juntamente com as outras principais fabricantes, contribuiu, durante três anos, com o desenvolvimento de algumas normas da ABNT, a ABNT NBR 13308 e a ABNT NBR 15830. O trabalho foi realizado com o apoio dos profissionais do Centro Tecnológico brasileiro, localizado em Mogi Mirim, que possui ferramentas avançadas de avaliação e análise de produtos. O Grupo ainda possui mais 14 Centros Tecnológicos pelo mundo.

“Atender a todas as normas do Inmetro, que é o principal órgão de normalização e qualidade industrial do País, é mais um atestado da confiabilidade dos amortecedores Monroe. A certificação é de extrema importância para o consumidor, pois é uma garantia a mais da qualidade que o mercado já conhecia”, avalia Nilton Durães, gerente de Engenharia de Produto e Treinamento da Tenneco, detentora da marca Monroe.

Prazo de comercialização
Atualmente, a Monroe oferece mais de 900 tipos de amortecedores para o mercado de reposição e, a partir do dia 21 de julho de 2014, os amortecedores só poderão ser comercializados em revendas se estiverem devidamente certificados pelo Inmetro. As fabricantes poderão vender o produto sem selo do órgão somente até julho de 2013, conforme portaria nº 301/2011.

Portanto, nos próximos dois anos, o consumidor deve ficar atento na hora de comprar um amortecedor nas lojas e revendas, pois, até lá, existe a possibilidade de um grande número de peças serem comercializadas sem a qualidade indicada, seja no mercado convencional ou no paralelo.

Mais...


Leia Também:
Anterior:

Próxima: