X Rally termina terceiro dia na sétima posição com M. Baumgart/K. Cíncea. Especial que ligou as cidades maranhenses de Bacabal e Barra do Corda contou com 149 km de trechos especiais. Cristian Baumgart e Beco Andreotti enfrentaram problemas mas conseguiram completar a etapa

O terceiro dia do Rally dos Sertões ligou as cidades maranhenses de Bacabal e Barra do Corda nesta terça-feira (21/08), em uma etapa maratona – na qual os carros não podem receber qualquer tipo de auxílio externo entre a chegada e a largada para o próximo dia de competições. Após uma segunda-feira marcada pelo piso arenoso e por muitos carros atolados em diversos trechos da prova, a terça-feira apresentou poucos trechos arenosos, mas não menos complicados para pilotos e navegadores.

Marcos Baumgart e Kleber Cíncea concluíram os 149 km de especiais com o sétimo melhor tempo do dia, sendo o quarto na categoria Protótipos T1. Já Cristian Baumgart e Beco Andreotti enfrentaram problemas e terminaram com a 30ª posição – 11º na Protótipos T1. A vitória mais uma vez ficou com a dupla francesa Stéphane Peterhansel/Jean-Paul Cottret.

O resultado coloca Marcos/ Kleber na 11ª posição no acumulado, logo atrás de Cristian/ Beco. “Poderíamos ter ido melhor, mas procuramos poupar um pouco o equipamento, já que estamos em uma etapa maratona. Foi uma especial menos pesada que ontem, mas também muito dura. Acho que o rali começa mesmo a partir de amanhã”, comenta Marcos.

O navegador Kleber Cíncea destacou que, mesmo com menos areia pelo caminho, a etapa de hoje foi bem complicada. “Enfrentamos um piso mais duro que ontem, mas ao mesmo tempo estava perigoso. A trilha era muito estreita, com muitas ribanceiras. Com isso viemos acelerando com cuidado para não correr riscos”, acrescentou.

Cristian e Beco sofreram com um problema em uma mangueira do motor. Com isso perderam muito tempo. “A mangueira de fluido de óleo da caixa de direção se soltou. Tentamos arrumar durante a prova e perdemos muito tempo. Como amanhã teremos 30 minutos para mexer no carro antes da largada, vamos tentar arrumar o problema”, comentou Beco Andreotti, lembrando que os reparos feitos nesses minutos antes da largada devem ser realizados pelos pilotos e navegadores, sem qualquer auxílio de mecânicos e equipes. Além disso, os carros passarão a noite toda em um parque fechado, que será liberado apenas meia hora antes da largada.

“Hoje foi um trecho muito rápido com bastante navegação visual e muitos saltos. Infelizmente tivemos esse problema com a mangueira, que se soltou três vezes durante a prova. Nas duas primeiras ainda paramos para consertar, mas na terceira acabamos tentado seguir em frente, para conseguir terminar a etapa dentro do tempo limite”, explicou Cristian.

“Espero que amanhã a gente consiga fazer uma etapa sem precisar descer do carro. Acho que amanhã teremos uma soma dos dois últimos dias em uma etapa só, com bastante areia e trechos como os de hoje. Será um dia longo e espero que consigamos andar bem”, finaliza Cristian.

A edição comemorativa de 20 anos do Rally dos Sertões percorrerá cinco estados brasileiros e nesta quarta-feira (22/08) os competidores deixam Barra do Corda (MA) em direção a Carolina (MA), com 309 km de trechos especiais e 214 km de deslocamento, totalizando 523 km.

Veja como terminou a especial de hoje:
1. Stephane Peterhansel/Jean-Paul Cottret – 01:59:42
2. Guilherme Spinelli/Youssef Haddad – 02:01:44
3. Riamburgo Ximenes/Flavio França – 02:01:54
4. João Franciosi/Rafael Capoani – 02:04:19
5. Fellipe Bibas/Emerson Cavassin – 02:05:18
6. Romeu Franciosi/Deco Muniz – 02:07:42
7. Marcos Baumgart/Kleber Cíncea – 02:10:28
8. Marcos Moraes/Fabio Pedroso – 02:12:02
9. Reinaldo Varela/Gustavo Gugelmin – 02:13:04
10. Richard Vaders/Jose Spacassassi – 02:13:15
30. Cristian Baumgart/Beco Andreotti – 2:26:30

Confira como está o Rally dos Sertões após três dias de disputa:
1. Stephane Peterhansel/Jean-Paul Cottret – 05:31:26
2. Guilherme Spinelli/Youssef Hadda – 05:33:25
3. Riamburgo Ximenes/Flavio França – 05:41:01
4. Fellipe Bibas/Emerson Cavassin – 05:44:58
5. Romeu Franciosi/Deco Muniz – 05:57:11
6. João Franciosi/Rafael Capoani – 05:59:23
7. Reinaldo Varela/Gustavo Gugelmin – 06:02:45
8. Marcos Moraes/Fabio Pedroso – 06:03:04
9. Richard Vaders/Jose Spacassassi – 06:03:19
10. Cristian Baumgart/ Beco Andreotti – 06:22:38
11. Marcos Baumgart/Kleber Cíncea – 06:23:51
* Resultados extra oficiais

Veja as próximas etapas do Rally dos Sertões:

22/08: 4ª Etapa
Barra do Corda (MA) – Carolina (MA)
Deslocamento Inicial: 8 km
Trecho de Especial: 309 km
Deslocamento Final: 206 km
TOTAL: 523 km

23/08: 5ª Etapa
Carolina (MA) – Palmas (TO)
Deslocamento Inicial: 3 km
Trecho de Especial: 188 km
Deslocamento Final: 281 km
TOTAL: 472 km

24/08: 6ª Etapa
Palmas (TO) – Alto Parnaíba (MA) MARATONA
Deslocamento Inicial: 207 km
Trecho de Especial: 468 km
Deslocamento Final: 5 km
TOTAL: 680 km.

25/08: 7ª Etapa
Alto Parnaíba (MA) – Bom Jesus (PI)
Deslocamento Inicial: 35 km
Trecho de Especial: 277 km
Deslocamento Final: 55 km
TOTAL: 368 km

26/08: 8ª Etapa
Bom Jesus (PI) – Petrolina (PE) “Especial dos 20 anos”
Deslocamento Inicial: 3 km
Trecho de Especial: 335 km
Deslocamento Final: 289 km
TOTAL: 627 km

27/08: 9ª Etapa
Petrolina (PE) – Iguatu (CE)
Deslocamento Inicial: 62 km
Trecho de Especial: 143 km
Deslocamento Final: 355 km
TOTAL: 560 km

28/08: 10ª Etapa (Chegada)
Iguatu (CE) – Fortaleza (CE)
Deslocamento Inicial: 184 km
Trecho de Especial: 103 km
Deslocamento Final: 170 km
TOTAL: 457 km

Total geral da prova: 4.840 km, de São Luís (MA) a Fortaleza (CE)

Mais...


Leia Também:
Anterior:

Próxima: