Sinotruk busca excelência em pós-venda com a certificação da rede. A meta é terminar a primeira fase dos trabalhos ainda esse mês e obter 50% da rede apta para iniciar o processo de certificação até 2013

Depois de expandir a rede de distribuidores Sinotruk, que hoje conta com 35 concessionárias e cobertura superior a 80% do território nacional, a meta agora é garantir a excelência no atendimento depós-vendas de todas as casas da marca. Isso será possível com processo de certificação da rede que teve início em março deste ano e já conta com uma estratégia estruturada para colher os primeiros frutos em 2013.

Os trabalhos para a certificação da rede foram montados em três fases. A primeira consiste em realizar um levantamento da estrutura existente das concessionárias por meio de visitas e registro das situações encontradas em cada instalação. Essa etapa está prevista para encerrar em agosto.

Até o fim deste ano haverá a definição de pré-requisitos básicos de operação com o estabelecimento de prazos para a implementação de ajustes e melhorias. A etapa final, que será a certificação da rede, inicia-se logo após esse processo. Nesse estágio haverá ajustes em distribuidores que necessitam de melhorias para obter a certificação. De acordo João Silvano Pacheco, gerente de DRD ( Desenvolvimento de Rede de Distribuidores), a previsão é obter 50% da rede em estágio avançado para a certificação em 2013.

Para obter a certificação e se enquadrar ao padrão de atendimento e serviços as concessionárias Sinotruk devem apresentar alguns pré-requisitos: o primeiro deles consiste em ter uma instalação com estrutura de oficina a partir de quatro boxes de serviço, estoque de peças, ferramental completo, equipes de oficina (com no mínimo um mecatrônico, um mecânico/eletricista capacitado, consultor de serviços e encarregado de peças), estrutura de atendimento de vendas com equipe de vendedores para dar cobertura à região de atendimento,além de suporte à operação. “A ideia é termos melhorias nas estruturas e nas equipes para conquistar um estágio avançado da certificação que é satisfação total do cliente. O nosso objetivo é garantir eficiência da rede e rentabilidade nos negócios do transportador que opera com caminhões Sinotruk”, complementa Silvano.

Para Joel Anderson, diretor geral da Sinotruk Brasil, a marca está se consolidando como uma ótima opção de custo/benefício para os frotistas. “Queremos que a Sinotruk tenha uma imagem no mercado como excelente prestadora de serviços, com eficiência, bom atendimento e processos robustos e simples”, finaliza o diretor geral.
Os trabalhos para a certificação da rede não têm prazo para acabarem, pois requerem manutenção e melhorias continuas.

Sobre a Sinotruk – A Sinotruk, conhecida como CNHTC (China
National Heavy Duty Truck Group Corporation), foi constituída na China em 1935. No início da década de 1980, adquiriu tecnologia de motores Steyr, formando também outras parcerias ao longo do tempo com Eaton, ZF, Jost e Wabco. De 2003 a 2008, manteve joint-venture com a Volvo. Em 2009, a alemã MAN assinou um acordo de parceria estratégica e tecnologia com a Sinotruk, comprando 25% de participação da montadora chinesa.

Sobre a Elecsonic – Constituída em 2009 por um grupo de sócios
brasileiros, todos oriundos do setor automotivo, a Elecsonic, como Sinotruk Brasil, é importadora dos caminhões chineses Sinotruk Howo 6×4 e 6×2. Em breve iniciará as importações do modelo Premium A7, Euro V. A empresa está localizada na cidade de Campina Grande do Sul, na região metropolitana de Curitiba (PR). Em abril deste ano, anunciou joint-venture com a CNHTC (Sinotruk China) e anunciou a construção de uma fábrica em Lages, Santa Catarina.

Mais...


Leia Também:
Anterior:

Próxima: