Ford Racing Trucks/Território Motorsport é hexacampeã do Rally dos Sertões. Policarpo/Seccomandi/Fonseca faturam o título nos Caminhões Leves, Piano/Mendes/Sales são vice-campeões nos Pesados

A Equipe Ford Racing Trucks/Território Motorsport, time oficial da Ford Caminhões, está em festa com o hexacampeonato no Rally dos Sertões. São seis títulos consecutivos na categoria Caminhões, entre 2007 e 2012. Após 10 dias de prova, líderes absolutos, Carlos Policarpo, Rômulo Seccomandi e Davi Fonseca cruzaram a rampa de chegada, em Fortaleza (CE), na última terça-feira (28), com o dever cumprido. A bordo do F4000 Território 4×4, o trio venceu o rali com cerca de 9h23m de vantagem em relação ao segundo colocado, levando o título nos Caminhões Leves e com o melhor tempo (37h44m00s) entre todos os caminhões que participaram da 20ª edição da competição.

“Estou muito feliz com este título e valeu a pena o desafio de correr pela categoria. O caminhão surpreendeu e foi muito além da nossa expectativa, ele é forte, ágil e resistente a tudo. Não tivemos quebras e todo o conjunto funcionou muito bem com a ajuda da equipe. Mais a navegação exemplar do Rômulo, não tivemos uma penalidade em 10 dias e é claro, ao Davi que foi fundamental por conhecer como ninguém do caminhão”, ressalta Policarpo, piloto de Suzano, que retornou ao grid após dois anos, em grande estilo. “Apelidamos o caminhão de Trovão Azul e ele foi muito valente. É emocionante vencer um Sertões. Mantivemos a regularidade durante toda a prova e o roteiro foi exigente mas prazeroso. Foi importante conquistarmos mais este título para uma equipe campeã com a Território”, completa o navegador.

“É muito gratificante conquistar seis títulos e com três pilotos diferentes com o mesmo caminhão. É muito trabalho e dedicação, mas tudo vale a pena, quando subimos na rampa e gritamos campeão”, diz Fonseca, o co-piloto/mecânico hexacampeão que “cuida” do F4000 Território 4×4 desde a estreia em 2007, e só coleciona vitórias.

A robustez e competitividade dos caminhões Ford foram comprovadas até o último dia. A equipe foi a mais rápida nos Caminhões Pesados com o Edu Piano/Solon Mendes/Carlos Sales (Cargo 1933 4×4) que completaram a 10ª Especial, no trecho entre Iguatu e Fortaleza, em 1h38m31s. Policarpo/Seccomandi/Fonseca chegaram em segundo lugar nos Leves com 1h42m25s e, em seguida, o outro caminhão do time, um F350 4×4 garantiu o terceiro lugar em 1h45m55s, com Fabio Cadasso/João Afro/João Víctor Ribeiro.

Vice-Campeões nos Pesados – Os tetracampeões nos Caminhões Edu Piano e Solon Mendes, acompanhados neste ano pelo co-piloto Carlos Sales, conquistaram o segundo lugar nos Caminhões Pesados. A bordo do novo Cargo 1933 4×4, o trio liderou a competição entre as 4ª e 8ª etapas e havia aberto uma vantagem razoável no oitavo dia, mas mesmo vencendo a 9ª e 10ª etapas não foi suficiente para garantirem o título.

“Foi um resultado muito positivo no primeiro ano que o Cargo 1933 4×4 participa do Sertões, já ter conquistado o segundo lugar. Ele se comportou muito bem e se mostrou competitivo como queríamos”, declara Piano. “Mas perdemos o título no oitavo dia por causa da quebra do cardan e nosso fornecedor americano não cumpriu o prazo e ficamos sem a peça que nos prejudicou nesta reta final do rali. Mas ano que vem tem mais e estaremos prontos”, explica o experiente piloto que completou 17 participações consecutivas em 20 anos de Rally dos Sertões e tem cinco títulos na bagagem. O navegador cearense conta que lutaram até o fim mas ficou satisfeito com o desempenho do time. “Já somos vencedores por chegar até o final do rali, superar as dificuldades e termos vencido algumas etapas. Esta edição foi bem cansativa, mas a prova estava muito boa de um modo geral e lutamos o que pudemos, mas apenas adiamos o título por mais um ano”, afirma Mendes.

Terceiro lugar com muito aprendizado – Os estreantes no Rally dos Sertões Fábio Cadasso e João Afro, do Maranhão, mais o co-piloto João Víctor Ribeiro, o mais experiente do trio, garantiram o terceiro lugar nos Caminhões Leves, com o tempo de 46h42m51s. A bordo do F350 4×4 o trio venceu uma das etapas está realizado por ter completado a prova.

“Mais que participar e vencer, ganhei experiência de vida. Aqui não existe rivalidade e sim competitividade entre os Caminhões. Foi incrível estar nesta equipe, foi fundamental os conselhos e dicas do Edu e o trabalho de toda a equipe, ano que vem quer continuaro na categoria”, declara o piloto Cadasso. Afro diz que realizou um sonho: “Participar de um Sertões e completar é algo inexplicável. Já estou no off-road há anos mas vivenciar isto aqui não tem preço, além do que o caminhão foi guerreiro do início ao fim.”

Informações da equipe no www.territoriomotorsport.com.br/rally e no blog www.webventure.com.br/sertoes2011/blog/home/id/42, assim como nas redes sociais no Facebook Ford Racing Trucks e no Twitter @fordracingtruck. Para acessar as imagens da equipe na prova: canal do youtube www.youtube.com/fordcaminhoes.

Resultado extra-oficial da décima etapa (CAMINHÕES) – Rally dos Sertões
Leves
1.AMABLE BARRASA /CESAR BOTAS /RAPHAEL BETTONI 1h37min50s
2.CARLOS POLICARPO /ROMULO SECCOMANDI /DAVI FONSECA 1h42min25s
3.FABIO FREIRE /JOAO AFRO /JOAO VICTOR RIBEIRO 1h45min55s
4.RAFAEL CONDE /JOSE PAPACENA /LEANDRO OLIVEIRA 1h47min50s

Pesados
1.EDU PIANO /SOLON MENDES /CARLOS SALES 1h38min31s
2.ANDRE AZEVEDO /MAYKEL JUSTO /RONALDO PINTO 1h42min46s
3.GUIDO SALVINI /FLAVIO BISI /FERNANDO CHWAIGERT 1h45min20s

Resultado Geral acumulado (após 10 dias) – CAMINHÕES:
Leves
1.CARLOS POLICARPO /ROMULO SECCOMANDI /DAVI FONSECA 37h44min00s
2.AMABLE BARRASA /CESAR BOTAS /RAPHAEL BETTONI 46h22min56s
3.FABIO FREIRE /JOAO AFRO /JOAO VICTOR RIBEIRO 46h42min51
4.RAFAEL CONDE /JOSE PAPACENA /LEANDRO OLIVEIRA 51h30min01s

Pesados
1.GUIDO SALVINI /FLAVIO BISI /FERNANDO CHWAIGERT 39h15min50s
2.EDU PIANO /SOLON MENDES /CARLOS SALES a 41h55min18s
3.ANDRE AZEVEDO /MAYKEL JUSTO /RONALDO PINTO 62h25min13s

Mais...


Leia Também:
Anterior:

Próxima: