Publicidade

Indra apresenta em São Paulo suas tecnologias aplicadas no trem Bala Meca-Medina

A Indra, uma das principais multinacionais de Tecnologia da Informação da Europa e da América Latina, apresentará durante o I Congresso Metro-Ferroviário Brasileiro suas tecnologias próprias de vanguarda implantadas na linha de Alta Velocidade, que unirá as cidades santas de Meca e Medina, maior linha ferroviária da Arábia Saudita, conhecida também como “Trem Peregrino”. O evento, voltado para os profissionais das empresas operadoras, fornecedoras e órgãos de governo do Brasil e da América Latina, acontecerá entre 06 e 08 de novembro, no Expo Center Norte, em São Paulo. A palestra da Indra acontece no dia 07, às 09h30.

A companhia mostrará em sua palestra ministrada por José Miguel Rubio, diretor internacional de transporte ferroviário, seus sistemas de gestão, telecomunicações, ticketing e segurança, implantados naquela que será a maior linha da Arábia Saudita, com uma longitude de 450 km. O trem bala percorrerá em 2 horas o trajeto com uma capacidade de transportar 160 mil passageiros diários.

Na Arábia Saudita, a multinacional de tecnologia desenhará e implantará o centro de operação e controle da linha e também o de apoio. Ambos os centros serão equipados com o sistema DaVinci, desenvolvido pela Indra, e que é considerada a plataforma mais avançada do mundo para a gestão do tráfego ferroviário.

A Indra também implantará a solução integral de telecomunicações, tanto fixas quanto móveis, que proporcionará a infraestrutura necessária para todos os demais sistemas (sinalização, ticketing, informação aos passageiros, etc). Além disso, a empresa dotará toda a linha com a mais avançada tecnologia sem contato, para a expedição e venda tanto automática quanto manual de passagens, que incorpora o pagamento eletrônico, como para os sistemas de controle de acessos. A Indra fornecerá, ainda, os sistemas de reservas e vendas de passagens através de canais como a internet. A empresa também será responsável pelos sistemas de informação aos passageiros, painéis eletrônicos e sinalização em estações e trens, informação via web e SMS, etc.

A implantação da linha ferroviária Meca-Medina, além de demandar soluções de alta tecnologia para seu desenvolvimento, requer o envolvimento de empresas com muita experiência, que possam resolver as complicações inerentes de uma linha férrea situada em um deserto, cujas temperaturas podem chegar aos 50°C, e com terrenos muito desiguais.

“A Indra disponibiliza no Brasil todas as soluções tecnológicas utilizadas no trem bala Meca-Medina, capazes de suprir as necessidades de um país extenso e geograficamente variado como este.” Declara Herbert Resende, diretor de transporte e tráfego da Indra no Brasil.

Na vanguarda do setor ferroviário

O melhor exemplo da aposta da Indra pela inovação no setor ferroviário é o sistema DaVinci, fruto de um forte investimento em P&D e do trabalho de 150 profissionais durante quatro anos, que foi convertido na plataforma de referência mundial para a gestão do tráfego ferroviário. O DaVinci gerencia a rede de alta velocidade espanhola e redes de diferentes características como o metrô de Medelin e o metrô de Londres. Além disso, foi a solução eleita por Marrocos e Lituânia para gerenciar suas respectivas redes ferroviárias.

Além disso, a companhia vem realizando numerosos esforços para o desenvolvimento de tecnologias ferroviárias de última geração através da ERTMS Nível 2 e ASFA Digital, entre outras.

Sobre a Indra

Presente no Brasil 1996, a Indra é uma das principais companhias de Tecnologia da Informação do país. Conta atualmente com uma equipe de mais de 6.500 profissionais e uma ampla cobertura geográfica através de escritorios distribuídos nos principais estados brasileiros. A multinacional possui uma oferta diferenciada de soluções e serviços de alto valor agregado que atendem os setores Financeiro; Energia e Utilities; Telecomunicações; Administração Publica e Saúde; Indústria; Transporte e Tráfego; e Segurança e Defesa.

A Indra é uma das principais multinacionais de Tecnologia da Informação da Europa e da América Latina. É a segunda companhia europeia de seu setor por investimento em P&D, com mais de 550 milhões de euros investidos nos últimos três anos. As vendas em 2011 atingiram 6,2 bilhões de reais e sua atividade internacional já corresponde a 50%. Conta com mais de 40.000 profissionais e com clientes em mais de 118 países.


Publicidade


Leia Também:
Anterior:

Próxima:

Publicidade