Publicidade

Hyundai Motor Brasil inaugura sua primeira fábrica em Piracicaba, SP. A fábrica opera em dois turnos para a produção do HB20

A cerimônia de inauguração aconteceu esta manhã na fábrica, com a presença dos maiores executivos da empresa e autoridades brasileiras e coreanas. Chung Mong Koo, chairman do Grupo Hyundai Motor, recebeu Michel Temer, vice-presidente do Brasil, Bon Woo Koo, embaixador sul coreano, Fernando Pimentel, ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Geraldo Alckmin, governador do Estado de São Paulo, Barjas Negri, prefeito de Piracicaba, e João Manoel, presidente do Conselho da Câmara de Piracicaba. A montadora investiu 700 milhões de dólares na unidade de produção, onde três modelos desenvolvidos exclusivamente para o Brasil serão produzidos.

Estimando uma produção anual de 150 mil veículos, a fábrica ocupa uma área total de 1.390.000m², sendo 69.000m² de área construída. O Brasil é o 7º país a receber uma fábrica da Hyundai fora da Coreia do Sul, depois da Turquia, Índia, China, Estados Unidos, República Tcheca e Rússia. A unidade emprega 1.800 colaboradores e, até 2013, alcançará 2.000 profissionais. A chegada da Hyundai Motor Brasil a Piracicaba ainda motivou a criação de 3.000 oportunidades de trabalho nos fornecedores instalados no polo automotivo e outros 20.000 empregos indiretos.

Padrões de excelência em engenharia civil marcaram a construção da fábrica, que demorou menos de dois anos para ser construída. O resultado é uma unidade moderna, arrojada e com a mais alta tecnologia para a produção de veículos. Ali, o modelo HB20 será produzido em suas versões hatch, crossover e sedã, totalmente dedicadas ao mercado local.

Sistema de pintura contra corrosão

A primeira fábrica da Hyundai Motor Brasil conta com a mais atualizada tecnologia para pintura automotiva da marca. A excelência está na combinação do processo 100% automatizado com a qualidade das tintas utilizadas e o sistema de pintura final com aplicação de primer, tinta base e verniz em um único sistema.

O diferencial do processo de unificação das fases reflete também na etapa de secagem da carroceria, que passa a ser feita após toda a aplicação, e não intercalada entre as camadas de pintura, gerando economia de água e energia. Outro destaque é o sistema de eletrodeposição, que consiste na imersão total da carroceria em um processo eletroquímico para a aplicação da primeira camada de tinta de maneira uniforme, garantindo a proteção contra corrosão.

A pintura dos carros produzidos na fábrica de Piracicaba está integrada à preocupação global da Hyundai com o meio ambiente. As tintas utilizadas são à base de água, operado por um sistema que zera a emissão de solventes no meio ambiente. Além disso, a unidade conta com uma estação interna de tratamento de efluentes, com um sistema de tubulação capaz de separar os resíduos líquidos da água pluvial, a fim de evitar a contaminação da água de chuva para que haja possibilidade de reaproveitamento nas instalações.

Inédito e exclusivo sistema de montagem

A Hyundai Motor Brasil inaugura sua primeira fábrica no país com o mais moderno e tecnológico maquinário para produção dos carros desenvolvidos para o mercado nacional – HB20, HB20X e a futura versão sedã da família HB. A unidade de Piracicaba, interior do estado de São Paulo, conta com o One Kit System (Sistema Um Kit), sistema de montagem sequencial automatizado que consiste na formação de “kits” em carrinhos sincronizados com peças que serão utilizadas na versão a ser montada, que acompanham a produção do carro do início ao fim.

Por meio de um sistema computadorizado, a equipe de montagem tem acesso à área denominada “picking”, de onde pode selecionar os itens que comporão o carro. Em seguida, o colaborador organiza as peças em um compartimento que será confirmado por scanner. Uma vez completa a checagem e confirmada a seleção, esse compartimento acompanha o veículo, por meio de automação, do início ao final da montagem. 60% das peças são abastecidas utilizando esse sistema exclusivo.

“Se comparado com linhas de montagens convencionais, as vantagens desse processo estão na facilidade do manuseio de materiais, menor presença de veículos industriais na linha de produção; e eliminação de erros, uma vez que o profissional recebe em seu posto de trabalho a peça certa para montagem, tanto em relação à especificação quanto à quantidade”, afirma Eugênio Césare, gerente geral de Produção.

Utilizado também na Coreia do Sul, esse sistema de abastecimento tem no Brasil sua versão mais completa e com maior abrangência de operações. A equipe responsável pela operação do One Kit System no Brasil, composta por cerca de 30 pessoas, foi treinada localmente por técnicos coreanos e virou referência mundial da Hyundai, servindo de centro de treinamento para equipes de outras operações da marca que planejam instalar o sistema em suas linhas de montagem, como a dos Estados Unidos.


Publicidade


Leia Também:
Anterior:

Próxima:

Publicidade