Publicidade

SIMEA 2013 vai priorizar debate sobre o Inovar Auto

No encerramento da 20ª edição do SIMEA – Simpósio Internacional de Engenharia Automotiva, dia 25 de setembro último, no Sheraton WTC Hotel, em São Paulo, a direção da AEA – Associação Brasileira de Engenharia Automotiva, como de praxe, chegou a anunciar o tema da 21ª edição do mais importante evento técnico do setor da mobilidade nacional: “10 anos de veículos Flex – qual a próxima inovação?”.

No entanto, como dez dias depois foi anunciado o Decreto 7.819/2012, publicado no dia 4 de outubro e que regulamenta o Programa Inovar Auto, a comissão organizadora do SIMEA 2013, liderada por Henry Joseph Jr., e a diretoria executiva da entidade, de forma inédita e rápida, decidiram rever o foco do SIMEA, que – por unanimidade – recaiu para o tema “Inovação e competitividade no novo regime automotivo”.

“Em decorrência da publicação do Inovar Auto, que aconteceu posteriormente ao encerramento do SIMEA 2012, e diante da importância de umprograma desta magnitude à engenharia automotiva brasileira, ao impor aos fabricantes a investir 3% do seu faturamento bruto em P&D e Engenharia e a adotar tecnologias que melhoram 12% a eficiência dos veículos, reavaliamos nossa posição inicial”, argumenta Henry Joseph Jr.

O presidente da comissão organizadora do SIMEA 2013 explica ainda que o tema “10 anos de veículos Flex – qual a próxima inovação?” passa a compor um dos quatro painéis do evento. “Não tenho dúvidas de que a participação da engenharia automotiva brasileira no desenvolvimento dos carros flex fuel foi um dos fatos mais importantes da história de 56 anos da indústria automobilística nacional. Por isso, vamos manter o tema”, ressalta Henry Joseph Jr.


Publicidade


Leia Também:
Anterior:

Próxima:

Publicidade