Publicidade

Salão da Motocicleta 2012 gera R$ 20 milhões em negócios. Terceira edição do evento contou com lançamentos, atrações para toda a família, esporte e uma área dedicada ao intercâmbio comercial com Estados Unidos, China, Taiwan e outros países

Aconteceu de 6 a 11 de novembro, o Salão da Motocicleta 2012, evento bienal organizado pela Megacycle, empresa com 20 anos de experiência na realização de eventos ligados ao segmento motociclístico que já se tornaram referência na área. Durante os seis dias da feira, passaram no Centro de Exposições Imigrantes, 55 mil visitantes qualificados e compradores que conferiram estandes de empresas nacionais e internacionais, que movimentaram mais de R$ 20 milhões de reais em negócios.

“Conseguimos aumentar o número de vendas gerado entre os expositores e principalmente mostrar o potencial do mercado brasileiro de motocicletas. Em três edições consolidamos uma vitrine de sucesso para as marcas”, diz Alberto Pellegrini, Presidente da Megacycle.

No que diz respeito aos expositores a resposta também foi positiva. Os negócios vão desde o direito a representação de uma empresa até a venda de motocicletas 0 km. Na ala chinesa, os expositores da gigante oriental ficaram entusiasmados com o resultado alcançado e para 2014 já negociam por meio de uma câmara de comércio entre os países, ocupar uma área equivalente a 50% da feira.

Segundo Pellegrini, uma das vitórias desta edição do Salão foi mostrar que ainda há espaço para o mercado motociclístico crescer e muito no Brasil em todas as categorias e que os chineses estão vindo para ficar. Os resultados alcançados pelo Salão condizem com a última aferição da ABRACICLO – Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares, mostra que o mês de outubro trouxe melhoria nas vendas, com um aumento de 115 mil unidades comparadas a setembro deste ano. Em parte, isso é reflexo da política do governo que liberou mais linhas de crédito para o consumidor das classes C, D e E.

Levando em conta a contribuição do evento para a movimentação no mercado de motocicletas, a Megacycle espera que a próxima edição do evento possa contar com uma cooperação ainda maior das montadoras, já que os lucros e vantagens contemplam todo o segmento.

Uma das atrações que teve grande recepção do público foi o leilão de motocicletas e acessórios. Com versões presencial e online, a iniciativa alcançou a marca conseguiu atingir encontrar novos donos para a maior parte dos produtos oferecidos e alcançou a marca de 100 minimotos vendidas, algumas em torno de R$ 600. No que diz respeito ao leilão, a organizadora acredita que com o sucesso do modelo, outros eventos possam incorporar às suas agendas alguns formatos de leilão.

Premiações

Entre as premiações que foram distribuídas no Salão da Motocicleta 2012, a X Motos do Brasil teve seu estande eleito como o mais bonito e o da Rovcan foi o destaque entre os mesmos. Já o da Mobil Lubrificantes recebeu o troféu de espaço mais animado.

O prêmio Bike Show foi divido entre a Harley-Davidson Fat Bob personalizada para o salão e a Yamaha Super Ténéré personalizada pela Factory X Envelopamento e Películas. A Tecnoparts e o espaço dedicado às concessionárias Kawasaki receberam uma menção honrosa pela participação do evento.

Foram realizadas premiações envolvendo os Motoclubes que prestigiaram o evento. O prêmio de destaque foi para o Spartanus, da cidade de Votuporanga (SP), que chegou ao evento com 12 integrantes e o Motoclube batizado de Advogado Motociclista, este da cidade de São Paulo. O Motoclube Exagerados ficou com o título de camiseta mais bonita.

No concurso Melhor Moto Foto, o prêmio ficou com Helder Telles Stapait, de Presidente Venceslau (SP), seguido de Marcelo Eduardo Ishida, São Paulo (SP) e Michelle Portillo Oregana, de Sorocaba (SP). Depois de duas semifinais, Fabiana Soares, do estande da Yamaha, foi eleita a Musa do Salão pelo público.

Na disputa do Busca Talentos Yamaha, Felipe Gabriel Mattos, aluno do Senac, teve seu projeto escolhido, enquanto, no quesito sustentabilidade, o projeto do estudante Ricardo Edval da Fonseca, da FATEC de Santo André, foi o primeiro colocado.

O concurso de Melhor Mecânico do Brasil foi realizado em duas etapas, uma de prova teórica e outra de prova prática, que levaram ao resultado com Adriano de Mattos Prado, de Arujá (SP), em 1º lugar, seguido de Plínio Roberto da Silva Moura, de Porto Velho (RO), e Igor Brasão Silva de São José do Rio Preto (SP).

Wheeling

Durante o evento aconteceu também as finais do Campeonato Nacional de Wheeling onde foram decididos os campeões das categorias Speed, Street e Pro Motor. Na Speed, Fernando Fernandes levou o título e Marcelo Frits com o 2º lugar. Na Street, Bruno Rodrigues foi o campeão, seguido de Marcelo Gaspar Ruas. Por fim, na categoria mais aguardada, a Pro Motor, com motos acima de 600 cc, Tiago Garcia levantou o troféu, que em 2011 pertencia a Rene Pina, vice-campeão nesta temporada.

Sobre a Megacycle

Prestes a completar 20 anos, a empresa atua no fomento do mercado de motocicletas, contribuindo para a melhora do setor por meio da educação de consumidores e empresas e da promoção da segurança no trânsito durante seus eventos. A Megacycle é reconhecida internacionalmente na realização do maior encontro motociclístico do Hemisfério Sul e pelos eventos de Acessórios que realiza, além do grande empreendimento que é o Salão da Motocicleta, único evento exclusivo de motocicletas no Brasil.


Publicidade


Leia Também:
Anterior:

Próxima:

Publicidade