Publicidade

PUROLATOR oferece linha de filtros mais competitiva para motocicletas. Com a marca Purolator, a MANN+HUMMEL agrega preços competitivos à qualidade reconhecida

A MANN+HUMMEL, parceira de desenvolvimento e fornecedora de equipamentos originais para a indústria de engenharia automotiva e mecânica, oferece ao mercado de duas rodas os filtros da linha Purolator, como alternativa que alia alta tecnologia e confiabilidade a preços ainda mais competitivos.

Os filtros de ar da linha Purolator atendem a todas as especificações do mercado de reposição e têm aplicação nas motos Honda CG Titan 150, Biz 125, Tornado, Twister, NXR 125 e 150, Broz 150 e POP 100. Já os filtros de óleo podem ser usados pelas motos Twister, Tornado e Falcon. Para as motos Honda de 400 a 1800 cilindradas, Kawasaki de 400 a 1600 cilindradas e Yamaha de 600 a 1700 cilindradas, o consumidor pode optar pelos filtros blindados.

A linha de filtros Purolator pode ser encontrada nos principais distribuidores de autopeças de todo o Brasil e América Latina e sua instalação pode ser efetuada em centros especializados de troca de óleo ou manutenção. No caso da troca de filtro, o procedimento é o mesmo que ocorre com os filtros originais de fábrica. O cliente também poderá encontrar, em alguns dos filtros de óleo fornecidos pela companhia, instruções gravadas na própria carcaça.

Para o uso correto do filtro, o ideal é sempre seguir a recomendação de troca e o período estabelecido pelo fabricante da moto. A manutenção deve ser sempre feita em locais especializados, respeitando o tipo de aplicação do modelo do filtro. A MANN+HUMMEL recomenda, também, a troca dos filtros ao invés da sua limpeza. Nos filtros de ar, por exemplo, a limpeza com jatos de pressão pode causar o rompimento do papel do meio filtrante, permitindo a passagem de ar sujo para a câmara de combustão, o que ocasionará em aumento do consumo de combustível, contaminação do óleo e desgaste das partes móveis do motor, o que contribui para diminuir sua vida útil.

A importância do uso dos filtros na motocicleta
Rodar com a motocicleta sem o filtro de ar instalado pode ocasionar em danos irreparáveis para a motocicleta, tais como desgaste prematuro das partes móveis do motor, além de causar impactos ao meio ambiente, com aumento do ruído emitido (poluição sonora). O condutor também fica passível de multa, que está previsto no Código de Trânsito Brasileiro, dependendo da descaracterização do veículo.

Já o uso do filtro de combustível evita o entupimento do sistema de alimentação de combustível. Uma motocicleta sem esse filtro fica vulnerável aos contaminantes presentes nos combustíveis, podendo comprometer o sistema de injeção/alimentação. Para as motos que contam com injeção eletrônica, a falta de troca ou a falta do filtro de combustível pode resultar na queima, travamento ou mesmo no entupimento da bomba de combustível ou do bico injetor.

O filtro do óleo, por sua vez, impede a circulação do óleo contaminado e das partículas metálicas que são desprendidas pelo atrito entre as peças do motor. Desta forma, a correta manutenção do filtro do óleo contribui para o aumento da vida útil do motor. A troca desse filtro deve ser realizada toda vez que se trocar o óleo lubrificante, caso contrário, a durabilidade do óleo novo pode ser reduzida.


Publicidade


Leia Também:
Anterior:

Próxima:

Publicidade