Roubo e furto de caminhões cresceram 11,03% em 2012. De cada 10 veículos recuperados pelo Grupo Tracker, um é caminhão. São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro são os estados com maior número de ocorrências

O Grupo Tracker recuperou 3857 veículos em 2012, entre automóveis, caminhões, utilitários e motos. 16,35% a mais do que o registrado em 2011. Na categoria veículos pesados, foram 443 ocorrências no ano passado, um número 11,03% maior do que nos doze meses anteriores.

Os estados mais violentos nessa categoria foram São Paulo (69,07 das ocorrências), Minas Gerais (9,26), Rio de Janeiro (7%), Paraná (3,16%) e Goiás (3,16%). Entre as cidades mais perigosas estão São Paulo, Guarulhos, Jundiaí, Rio de Janeiro, São Bernardo do Campo, Campinas, Itaquaquecetuba, Mauá, Duque de Caxias e Porto Alegre.

Apesar da alta no ano, nos últimos três meses, houve queda de 19,85% nas ocorrências envolvendo caminhões. Foram 131 recuperações no 3º trimestre e 105 no 4º trimestre. “Acreditamos que essa queda foi algo sazonal, já que nos finais de ano as quadrilhas especializadas migram para o roubo de cargas, sendo uma modalidade bastante lucrativa”, analisa o diretor Nacional de Operações do Grupo Tracker, Carlos Alberto Betancur.

O Grupo Tracker pertence ao Tracker VSR Group, que está presente em 19 países, entre eles Colômbia, Brasil, Venezuela, América Central, Alemanha e Espanha. Atualmente é a maior empresa de rastreamento do país, oferecendo produtos para os mercados Segurador, Transporte e Logística, Construção Civil e Agrícola, além de veículos de passeio.

Em doze anos de atividade, já recuperou mais de 24 mil veículos, evitando um prejuízo de cerca de R$ 1,7 bilhão. A tecnologia utilizada nos rastreadores da Tracker é a radiofrequência, considerada a melhor solução para roubo e furto e imune à ação de inibidores de sinais – jammers. Também oferece produtos baseados no GPS/GPRS indicados para monitoramento e gestão de frotas.

No Brasil, foi a primeira empresa do setor a obter a Certificação da ABNT – Associação Brasileira de Normas Técnicas. Também é certificada pela ANATEL, ANAC e CESVI. Para mais informações www.grupotracker.com.br ou também nas mídias sociais: www.twitter.com/trackerdobrasil e www.facebook.com/tracker.brasil.



Leia Também:
Anterior:

Próxima: