FedEx faz entrega histórica de pandas no Zoológico de Toronto. Er Shun e Da Mao chegam ao Zoológico de Toronto via FedEx Express

A FedEx Express, maior empresa de transporte expresso do mundo, levou dois pandas gigantes da China até o Zoológico de Toronto, após meses de preparativos e expectativa do público.

O casal de pandas gigantes, Er Shun (fêmea) e Da Mao (macho), fizeram a viagem de Chengdu, China, até o hub canadense da FedEx Express, no Aeroporto Internacional de Toronto Pearson, a bordo de uma aeronave MD-11 personalizada especialmente para o evento, em um voo doado pela FedEx.

Os pandas chegaram às 11h47 (horário de Brasília) de ontem, dia 25 de março, depois de uma viagem de 18 horas. A FedEx Express, o Zoológico de Toronto e o Chengdu Research Base of Giant Panda Breeding, centro de pesquisa e reprodução de pandas gigantes, colaboraram intensamente para garantir um voo seguro e confortável para os animais. Especialistas no cuidado desses animais receberam autorizações especiais para acompanhá-los a bordo da aeronave.

O primeiro-ministro canadense, Stephen Harper, esteve no aeroporto para assinar o recibo oficial de chegada dos pandas gigantes no PowerPad da FedEx, entregue pelas mãos de Lisa Lisson, presidente da FedEx Express Canadá.

“Hoje é um dia importante, que representa um marco diplomático e de comércio entre o Canadá e a China. Como líder de transporte global, a FedEx entende como ninguém as oportunidades e o potencial que advém do fortalecimento de relacionamentos e de conectividade – e tudo isso pode ser encontrado simbolicamente na entrega de hoje “, afirmou Lisa Lisson, presidente da FedEx Express Canadá. “Estamos muito animados por facilitar esse intercâmbio entre Canadá e China e posso atestar que toda a nossa equipe de 6 mil funcionários, de costa a costa do país, está igualmente empolgada com a perspectiva de termos um filhote de panda gigante nascendo em solo canadense”, complementa.

Após desembarcarem do FedEx Panda Express, Er Shun e Da Mao foram transportados em dois caminhões da FedEx Express até o Zoológico de Toronto, onde permanecerão por cinco anos, antes de serem transferidos para Calgary. Os caminhões FedEx Express, especialmente adesivados, continuarão trabalhando para atender as necessidades nutricionais dos pandas gigantes durante sua estadia em Toronto, já que levarão até eles entre 600 e 900 quilos de bambu fresco, duas a três vezes por semana.

Conforme anunciado pelo primeiro-ministro Stephen Harper em 11 de fevereiro de 2012, o acordo de conservação conjunta assinado com a China marcou o primeiro empréstimo de um panda gigante a um zoológico canadense em mais de vinte anos. O acordo marcou também o primeiro empréstimo de pandas gigantes para reprodução, feito pelo governo chinês a um zoológico internacional pelo prazo de dez anos.

Após um período de quarentena breve, mas necessário, os pandas gigantes poderão ser visitados pelo público em um moderno e recém-construído espaço no Zoológico de Toronto, a partir de meados de maio (data exata a ser determinada). Com o programa, o Zoológico de Toronto poderá contribuir com os esforços internacionais voltados a proteger e aumentar a população ameaçada de pandas gigantes, por meio de investimentos em pesquisa e trabalhos de conservação. Conservacionistas estimam que existam hoje apenas 2.000 pandas na natureza.

“Estamos honrados em receber os pandas gigantes Er Shun e Da Mao, no Zoológico de Toronto e estamos ansiosos por contribuir pela sobrevivência dessa magnífica espécie pelas próximas gerações”, disse John Tracogna, CEO do Zoológico de Toronto. “O Zoológico de Toronto está muito contente em integrar o pequeno grupo de países e organizações zoológicas amplamente respeitadas fora da China, que possuem programas de pesquisa e conservação, conhecimento profissional e instalações para prover excelente cuidado para a criação de um casal de pandas”, finaliza.

A FedEx Express já fez vários transportes de pandas gigantes, transportando até dois pandas por vez em algumas ocasiões:

· Da China para Paris, na França (2012)

· Da China para Edimburgo, na Escócia (2011)

· De Washington, D.C., e Atlanta, nos EUA, para a China (2010)

· Da China para Memphis, nos EUA (2003)

· Da China para Washington, D.C., nos EUA (2000)



Leia Também:
Anterior:

Próxima: