Publicidade

Sinotruk Brasil se habilita ao Inovar-Auto e divulga prazo para início das obras da fábrica em Santa Catarina. O novo modelo Sinotruk A7 (Euro 5), importado pelo Inovar-Auto, chegará às concessionárias Sintoruk em 30 dias

A Elecsonic, importadora de caminhões da marca chinesa CNHTC (China National Heavy Duty Truck Group Corporation), conhecida no mercado brasileiro como Sinotruk Brasil, acaba de se habilitar ao Programa de Incentivo à Inovação Tecnológica e Adensamento da CadeiaProdutiva de Veículos Automotores (Inovar-Auto), medida do governo Federal para estimular o investimento na indústria automobilística nacional, que poderá gerar até R$ 50 bilhões em investimentos no setor.

De acordo com a portaria publicada hoje (23 de agosto de 2013) pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), no Diário Oficial da União, a habilitação na categoria importador permite à Sinotruk Brasil a importação da nova linha de caminhões A7 com isenção dos 30 % de IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados) incidentes sobre veículos de carga importados no período de um ano.

Os caminhões Sinotruk A7, Euro 5, que serão importados já dentro do Programa Inovar-Auto e fazem parte da linha Premium da marca, no segmento de cavalos-mecânicos extra-pesados, chegam em um prazo de 30 dias à rede de concessionárias da marca, que possui cerca 30 casas espalhadas em todo o território nacional.

Segundo Joel Anderson, diretor geral da Sinotruk Brasil, é grande a expectativa dos concessionários e clientes finais pelo início das vendas dos caminhões A7. “ Temos conviccção de que lançamento da nova linha A7 constituirá um sucesso de vendas e será mais um passo para a consolidação da marca Sinotruk no Brasil”, afirma o diretor.

A habilitação no Inovar-Auto acontece paralelamente às tratativas finais com investidores-parceiros que ajudarão a viabilizar, já nos próximos meses, o início das obras da fábrica que será instalada no munícipio de Lages, em Santa Catarina,.

De acordo com Anderson, o projeto já está pronto e o processo de terraplenagem será iniciado em um período de 60 dias. Após esse etapa, serão realizadas as obras de construção civil, compra e instalação de maquinários. “ Nossa projeção é que a fábrica esteja pronta ainda em 2014 e entre em operação no primeiro semestre de 2015.”, afirma Anderson.

A unidade fabril, que funcionará em regime CKD, em um terreno de 1 milhão de metros quadrados, irá montar o modelo A7, com motorização Euro 5, nas versões 4×2, 6×2, 6×4 e 8×4.


Publicidade


Leia Também:
Anterior:

Próxima:

Publicidade