Publicidade

Nissan apresenta versão de produção da van e-NV200, seu segundo veículo 100% elétrico. Protótipo foi testado em vários países, inclusive no Brasil

Pioneira na produção e venda em série de veículos 100% elétricos, a Nissan dá outro passo importante no segmento ao apresentar a versão final do utilitário e-NV200, modelo que traz requinte sem precedentes ao segmento de vans compactas. A Nissan torna-se assim a primeira fabricante a ter dois veículos totalmente elétricos em sua linha mundial de veículos – o outro é o hatch LEAF, comercializado em larga escala desde 2010 e o carro elétrico mais vendido do mundo, com mais de 100 mil unidades comercializadas.

Destacando-se pela emissão zero e por custos de propriedade baixíssimos, a e-NV200 está pronta para mudar o conceito de veículo comercial leve para sempre ao aliar volume de carga superior na categoria e desempenho vigoroso e sem emissão como o do LEAF, modelo com o qual compartilha as bases mecânica e elétrica. É um veículo prático, versátil e capaz de transportar pessoas ou produtos sem produzir poluição sonora ou ambiental. Quando as vendas começarem na Europa, em junho, a e-NV200 estará disponível nas versões de carga e de passeio, com cinco lugares.

A autonomia de 170 km da e-NV200 foi homologada dentro do ciclo para emissões e consumo europeu, conhecido como ‘New European Driving Cycle” (NEDC), superando a distância média diária percorrida por mais da metade das frotas comerciais que utilizam veículos como esses (estimada em 100 km). A bateria pode ser recarregada por oito horas, à noite, se usar um recarregador doméstico de 16 ampères e 3,3 kW monofásico. Com a opção de 6.6 kW/32 ampères, o tempo de ‘reabastecimento’ cai para quatro horas. Além deles, a van 100% elétrica contará com uma rede de mais de mil unidades de Quick Chargers (recarregadores rápidos), espalhadas por toda Europa e instaladas em várias empresas com o objetivo de ampliar a autonomia e a recarga de veículos 100% elétricos.

“A e-NV200 entra em um segmento de mercado totalmente diferente do Nissan LEAF. Ao lado do veículo elétrico mais vendido no mundo, ela nos ajudará a continuar a liderar a revolução da mobilidade com emissão zero. Para isso reprojetamos completamente o modelo movido a gasolina e não fizemos apenas uma adaptação. É um produto fantástico”, diz Guillaume Carter, vice-presidente sênior de Vendas e Marketing da Nissan Europa.

TESTES E APERFEIÇOAMENTOS

Para chegar à versão de produção da e-NV200, a Nissan fez um abrangente programa de testes pelo mundo. O protótipo circulou em países como Japão, Cingapura, Reino, Brasil e Estados Unidos como veículo das frotas de empresas como FedEx, Coca-Cola, DHL, IKEA, British Gas, EDF e os Correios do Japão. O objetivo foi avaliar o desempenho em situações reais do dia a dia, tendo como base o retorno dado por motoristas e gestores de frota. Todas informações foram utilizadas para afinar o veículo antes do início da produção na unidade da Nissan em Barcelona, Espanha.

No Brasil, o programa de avaliação uniu a Nissan e a FedEx Express, empresas fortemente comprometidas na redução de impactos ambientais de suas operações. A escolha do Brasil para integrar o programa de avaliação do e-NV200 demonstra a importância do país para as empresas, que buscam crescer suas operações locais de maneira sustentável. A Nissan, por exemplo, prepara-se para inaugurar uma de suas fábricas mais sustentáveis do mundo em Resende, no estado do Rio de Janeiro.

As diferenças entre a e-NV200 e a versão a gasolina são marcantes no estilo. A frente da nova van, por exemplo, é parecida com a do LEAF, para identificá-la como veículo elétrico, que dispensa a grade frontal para entrada de ar para arrefecer o motor. Lâmpadas de LED são usadas ​​nas luzes traseiras de todas as versões, assim como na frente dos modelos de passageiros. Internamente há um novo painel de instrumentos com um leitor digital, enquanto as mudanças das marchas da transmissão são feitas com um joystick, como no LEAF, ao invés do seletor convencional de um câmbio automático tradicional.

Mecanicamente a van e-NV200 utiliza a mesma suspensão dianteira independente McPherson do LEAF, assim como o motor síncrono de segunda geração de 80 kW AC, lançado recentemente no hatch e que agora é totalmente integrado ao carregador de bateria e ao inversor, em uma unidade compacta e auto-suficiente.

O pacote de baterias de íon-lítio foi alterado em relação ao utilizado no hatch para permitir sua acomodação sob o assoalho do compartimento de carga sem comprometer a área interna. O modelo recebeu reforço para proteção extra no caso de impactos. Dessa forma, a rigidez torcional do veículo aumentou 20%. Produzido na fábrica da Nissan em Sunderland, Reino Unido, ​​o conjunto tem o mesmo número de módulos (48) e mesma capacidade (24 kW) do LEAF. O sistema de frenagem regenerativa também foi adaptado para as necessidades do utilitário, passando a contar com maior capacidade. Dessa forma, a van aproveita melhor o anda e para do trânsito para produzir energia para as baterias.

O resultado dos testes e das adaptações é um veículo utilitário 100% elétrico, que não emite, silencioso e pronto para oferecer vantagens reais de uso, para o meio ambiente e para os custos de manutenção. E que aponta uma nova direção para veículos usados para o trabalho.


Publicidade


Leia Também:
Anterior:

Próxima:

Publicidade