Publicidade

Vendas globais da AUDI AG mantém crescimento em fevereiro. Cerca de 117.500 entregas em todo o mundo, uma alta de 6,8% em relação ao mesmo período em 2013

Em fevereiro de 2014, a AUDI AG entregou cerca de 117.500 carros para clientes ao redor do mundo, um acréscimo de 6,8% em relação ao mesmo período do ano anterior. Desde o começo do ano, somando janeiro e fevereiro, as vendas unitárias da companhia aumentaram 9,3% para cerca de 242.400 entregas. Os números de vendas da Audi subiram mais uma vez em todas as regiões do mundo no último mês e cerca de um terço desse volume foi atingido na Europa. Com crescimento significativo na Alemanha, Reino Unido e Itália, a região apresentou um incremento de 5,3%. Nas Américas, o Brasil foi destaque e mantém um crescimento sustentável: com 1.115 entregas, a Audi do Brasil ampliou as vendas mais de três vezes em relação às vendas de fevereiro de 2013 (+260,8%). Na China, a Audi completou o mês de vendas – consideravelmente curto por causa do feriado do Ano Novo Chinês no final de janeiro – com um aumento de 6,9% em relação ao mesmo mês do ano anterior.

“A Audi manteve crescimento que vem apresentando desde o início do ano em fevereiro, apesar de efeitos não-recorrentes em mercados internacionais,” diz Luca de Meo, Membro do Conselho de Administração de Vendas da AUDI AG. “Na Europa, diversos mercados estão ganhando estabilidade, mesmo que em baixos níveis. Nessa região, já estamos atingindo resultados com o novo A3 Sedan, que também será lançado na China e nos Estados Unidos, os mais importantes mercados, nas próximas semanas.”

Toda a nova família A3 atingiu altas taxas de crescimento: 43% em fevereiro para 19.598 unidades em todo o mundo. Na categoria full-size, a demanda aumentou em particular pelo A7 Sportback (+8,8%) e pelo Q7; as vendas do SUV aumentaram 31,8% para 4.589 carros.

A Turquia está entre os mercados onde a Audi é particularmente bem-sucedida em atrair novos clientes com lançamentos como o A3 Sedan: em fevereiro, a companhia entregou 1.105 carros no país, 29,2% a mais do que há um ano. Desde o início do ano, o aumento de vendas cumulativo é de 34,2%. Em muitos países da região sul da Europa, a Audi também vendeu recentemente mais carros do que há um ano, como na Espanha, onde as entregas aumentaram 1,6% para 4.149 carros, e também na Itália, com um aumento de 16% para 4.202 unidades. A Alemanha (+10,1% para 21.806 carros) e o Reino Unido (+8,3% para 4.820) também apresentaram um crescimento significativo e confirmaram o mês positivo para a Audi na Europa (+5,3%). Nos primeiros dois meses, foram feitas cerca de 111.600 entregas, que representam 6,5% de crescimento na região.

Nos Estados Unidos, as concessionárias Audi estão se preparando para o lançamento do A3 Sedan, em abril. Enquanto isso, apesar dos efeitos das severas condições do inverno, as vendas da Audi of America em fevereiro atingiram o nível do mesmo mês do ano anterior, com 10.881 entregas.

Nos mercados da Ásia, a Coreia do Sul está se tornando significativamente importante para a Audi: em fevereiro, os números de vendas subiram 61,8% para 2.187 unidades, um aumento de 42,3% em relação a janeiro. Em fevereiro, a Audi também atingiu um aumento nos já altos dois-dígitos do Japão (+19,3% para 2.731 carros). Em contraste, o feriado do Ano Novo dominou no mês passado na China. Nos dias úteis restantes, 32.358 clientes receberam seu novo Audi, em uma alta de 6,9%. De janeiro a fevereiro, as vendas da Audi na China subiram 13,2% para 76.884 carros.


Publicidade


Leia Também:
Anterior:

Próxima:

Publicidade