Publicidade

Com novo motor 3.5 EcoBoost Ford vence as 12 Horas de Sebring

A Ford venceu as 12 Horas de Sebring, uma das corridas de resistência mais famosas dos Estados Unidos e do mundo, com o protótipo Riley-Ford equipado com motor 3.5 EcoBoost da equipe Chip Ganassi Racing, pilotado por Scott Pruett, Memo Rojas e Marino Franchitti. Foi a primeira vitória geral da marca no circuito nos últimos 45 anos.

Franchitti cruzou a linha de chegada em primeiro lugar com o carro nº 01, na estreia de sua equipe na lendária prova de resistência.

“A última vez que a Ford conquistou a vitória geral em Sebring foi em 1969 e o que realmente a torna tão importante é que ela foi obtida com um motor Ford EcoBoost de produção”, disse Jamie Allison, diretor da Ford Racing. “Ela confirma que a tecnologia de nossos carros de produção é boa o bastante para garantir uma vitória total nas 12 Horas de Sebring”.

Essa vitória é resultado da intensa preparação da Chip Ganassi Racing, junto com os engenheiros da Felix Sabates, Ford Racing, Ford e Roush Yates, que trabalharam juntos para provar que um motor de produção pode atender as exigências extremas de um circuito como Sebring. Mais de 70% dos componentes do motor são os mesmos do EcoBoost de produção normal.

Três protótipos competiram com o motor 3.5 EcoBoost: os nº 01 e nº 02, da Ganassi, e o nº 60 da Michael Shank Racing. O nº 02 terminou em sexto, depois de passar boa parte do tempo na frente, e o no 60 ficou em nono.

Antes do início desta temporada, a Michael Shank Racing e a Ford Racing usaram o motor 3.5 EcoBoost para quebrar uma série de recordes de velocidade no autódromo internacional de Daytona, que permaneciam desde 1987. Eles estabeleceram uma nova volta mais rápida no circuito, com a velocidade média de 222,971 mph (358,84 km/h).

A vitória em Sebring mostra que a parceria entre a Ford Racing e Roush Yates é vencedora. “Foi um grande dia”, disse Raj Nair, vice-presidente de Desenvolvimento do Produto Global da Ford, que acompanhou a prova na pista. “Conquistar a primeira vitória global para a Ford desde 1969, e, ao mesmo tempo, a primeira com nossos parceiros da Ganassi em Sebring, já na segunda corrida com o novo motor, é sensacional.”

Os carros da Chip Ganassi Racing e Michael Shank Racing com motor 3.5 EcoBoost vão participar de toda a temporada 2014 do campeonato TUDOR United SportsCar.


Publicidade


Leia Também:
Anterior:

Próxima:

Publicidade