Publicidade

Como evitar danos no automóvel nessa época de chuvas. Oficina Brasil ajuda a conhecer os principais cuidados que se deve ter ao passar por ruas alagadas e alerta para os danos que a água pode causar nos automóveis

Conhecer procedimentos básicos sobre como conduzir o seu veículo em dias de alagamento, além de aumentar a segurança, pode prolongar os dias de vida do seu carro. Pensando nisso, a Oficina Brasil – rede de franquias de serviços automotivos, que possui 64 unidades em todo o Brasil, dá algumas dicas para enfrentar as fortes chuvas sem correr o risco de ter que abandonar o automóvel quebrado no meio de um alagamento.

Segundo Antonio Cesar Costa, consultor técnico da Oficina Brasil, em primeiro lugar é importante nunca desligar o motor do carro durante as enchentes, mesmo em grandes congestionamentos, e ao passar pelas enxurradas, andar devagar, deixando o motor sempre em rotação mais elevada. “Isso impede que a água se acumule no escapamento, e chegue até o motor”, explica Antonio Cesar.

Outra dica é sempre tentar identificar em que altura do automóvel a água está batendo. O ideal, segundo o consultor técnico, é passar com o automóvel em alagamentos cuja altura da água não ultrapasse a metade das rodas. Isso porque, ao atingir o escapamento, a água pode chegar até o motor, e causar o chamado calço hidráulico . “O prejuízo do motorista é ainda maior quando o carro está ligado há bastante tempo e sua temperatura está alta, pois ao entrar em contato com a água fria acontece o choque térmico, podendo trincar o bloco do motor ou o catalisador”, orienta ele.

Os sintomas que o automóvel apresenta caso esteja danificado devido à entrada de água durante alagamentos são: perda de potência, motor falhando (vibração intensa do automóvel), até a total parada, com risco de não ligar mais e ter de ser guinchado até a oficina mecânica.


Publicidade


Leia Também:
Anterior:

Próxima:

Publicidade