Publicidade

Ford inicia instalação de estações de recarga para veículos elétricos em suas fábricas

A Ford anunciou que vai instalar, junto com a GE, estações de recarga para veículos elétricos em seus escritórios e fábricas nos Estados Unidos. As primeiras estações de recarga “GE WattStation” começam a ser instaladas este mês na sede da Ford em Dearborn. O objetivo é criar uma rede de recarga que deverá abranger quase todas as unidades da marca nos Estados Unidos e Canadá.

O plano representa a continuidade de uma parceria inovadora iniciada há mais de 100 anos por Henry Ford e Thomas Edison, um dos fundadores da GE.

“Sabemos que uma infraestrutura de recarga é chave para tornar os veículos elétricos uma opção viável para mais consumidores. A Ford está empenhada em fazer a sua parte para o desenvolvimento dessa infraestrutura”, diz Mike Tinskey, diretor de infraestrutura e eletrificação de veículos da Ford, destacando o compromisso da marca com a sustentabilidade.

Com a nova rede de recarga, os empregados da Ford que moram a até 34,8 quilômetros de distância do trabalho poderão percorrer esse trajeto usando somente eletricidade com veículos híbridos “plug-in” – como o Fusion Energi e o C-MAX Energi. Esses carros têm um consumo médio estimado de 18,28 km/l (18,71 km/l na cidade e 17,43 km/l na estrada). Os motoristas do Focus Electric, que tem autonomia de 122,3 km com uma carga completa, poderão rodar ainda mais.

A Ford planeja instalar estações de recarga para veículos elétricos em mais de 60 escritórios, centros de desenvolvimento e fábricas. O número de estações de recarga públicas e residenciais vem crescendo rapidamente em toda a América do Norte. Em 2009, havia 3.000 estações públicas e hoje já são mais de 20.000.

A Ford vai oferecer gratuitamente aos empregados as primeiras quatro horas de recarga por dia, como forma de incentivar o uso compartilhado de estações. A empresa também pede aos empregados que usem o aplicativo para smartphones MyFord Mobile. O objetivo é coletar informações e entender os padrões de direção e recarga para futuros aprimoramentos nos produtos. O custo de recarga total de cada veículo é estimado em cerca de 50 centavos de dólar.

O que difere as estações de recarga WattStation da Ford de outras existentes em locais de trabalho é o fato de serem ligadas em rede. Isso permitirá a coleta de informações abrangentes sobre o uso de veículos elétricos, como número de horas de recarga e volume de dióxido de carbono não gerado, que servirão para o planejamento de futuras estações.

A GE foi a primeira grande empresa a adotar o Ford C-MAX Energi na sua frota. A Ford e a GE estão trabalhando com pesquisadores do Instituto de Tecnologia da Georgia para estudar os hábitos de direção e recarga e melhorar o desempenho da frota. O aplicativo MyFord Mobile da Ford dá ao motorista informação em tempo real sobre o nível da bateria e permite programar a sua recarga nos horários em que o custo de energia é mais baixo (nos Estados Unidos existem tarifas diferenciadas).

104 milhões de km com eletricidade
A Ford produz seis veículos híbridos e elétricos, incluindo o Focus Electric, os híbridos plug-in C-MAX Energi e Fusion Energi e os híbridos C-MAX e Fusion.
Os donos do Fusion Energi e C-MAX Energi normalmente fazem três de suas quatro viagens diárias em modo totalmente elétrico, segundo dados do aplicativo MyFord Mobile. Estima-se que os clientes da Ford já rodaram 104 milhões de quilômetros com eletricidade, número que cresce a uma taxa de 466 mil quilômetros por dia, reduzindo em mais de 4 mil toneladas a geração de CO2.

A criação de uma nova oportunidade de recarga durante o dia, no local de trabalho, dará aos empregados a possibilidade de fazer todas as suas viagens durante a semana sem usar gasolina.

Henry Ford e Thomas Edison
A ligação profissional de Henry Ford com Thomas Edison remonta ao final de 1800, quando Ford trabalhou para a Edison Illuminating Company, em Detroit. Em 1892, Edison foi um dos fundadores da General Electric. Em 1896, Ford assistiu a uma palestra de Edison e passou a discutir suas ideias com o renomado cientista, começando uma forte amizade que durou pelo resto de suas vidas.

Henry Ford tinha um forte interesse por veículos elétricos. Ele comprou dois para sua esposa, Clara, em 1908 e 1914, e instalou uma estação de recarga em sua garagem. Vários anos depois da fundação da Ford, em 1903, Ford e Edison começaram a testar seus próprios veículos elétricos, usando baterias de Edison. Esses veículos nunca chegaram ao mercado, mas marcaram o início de uma parceria entre as empresas que continua forte até hoje. No ano passado, a GE comprou 2.000 Ford C-MAX Energi, como parte da meta de converter metade de sua frota para veículos com energias alternativas. As novas estações de recarga são mais uma prova do compromisso das duas empresas com o crescimento do mercado de veículos elétricos.


Publicidade


Leia Também:
Anterior:

Próxima:

Publicidade