Publicidade

Ford Cargo 816 vence o Prêmio Lótus 2014 de caminhão leve do ano

A Ford venceu o Prêmio Lótus 2014 de Caminhão Leve do Ano com o Cargo 816, líder de vendas do segmento em 2013. Conhecido pela versatilidade, resistência e economia, o modelo da Ford destacou-se em um dos segmentos mais competitivos do mercado com 7.011 unidades emplacadas. A entrega do prêmio será feita no dia 10 de abril, durante uma solenidade em São Paulo com a presença de executivos da Ford.

“O Prêmio Lótus, da Editora Frota, valoriza a liderança do Cargo 816, uma conquista importante que reflete a qualidade e adequação do nosso veículo às necessidades dos transportadores”, diz Antonio Baltar Filho, gerente nacional de Marketing e Vendas da Ford Caminhões.

Segundo ele, a Ford tem grande tradição no segmento de caminhões leves, que responde por cerca de 25% das vendas totais do setor. “Além da robustez e economia, outro fator que pesa a favor do Cargo 816 é a assistência pós-venda oferecida pela Rede Ford Caminhões em todo o País.”

O Ford Cargo 816 tem peso bruto total de 8.250 kg, capacidade máxima de tração de 11.000 kg e conta com três opções de distância entre-eixos que facilitam a adequação para diferentes tipos de aplicação. Seu motor Cummins de 4.5 litros, com potência de 162 cv e torque de 550 Nm, garante um desempenho forte e econômico e já vem preparado para uso do diesel B20.

Na linha 2014 o Cargo 816 teve a cabine remodelada, seguindo o novo conceito global de design da linha Cargo, e ficou ainda mais confortável e prático para aumentar a produtividade no transporte. Internamente, oferece bancos com suspensão a ar, materiais de revestimento durável, volante de empunhadura ergonômica, além de painel com iluminação “Ice Blue” e vidros elétricos de série.

Este ano a Ford está ampliando a sua oferta nessa faixa de mercado com o lançamento do Cargo 1119, de 11 toneladas, o primeiro com essa capacidade de carga para otimização do transporte em aplicações urbanas.


Publicidade


Leia Também:
Anterior:

Próxima:

Publicidade