Publicidade

Cerca de 20% das vendas dos triciclos utilitários da Motocar serão para negócios de rua

A Motocar, primeira indústria de triciclos instalada na zona franca de Manaus e pioneira na fabricação de veículos de três rodas homologados no país, afirma que após a sanção do Projeto de Lei que autoriza a venda de comida de rua em São Paulo, o número de clientes que procurou a rede cresceu cerca de 40%.

De acordo com o diretor comercial da montadora, Carlos Araújo, a empresa está otimista com a regulamentação do projeto de Lei e acredita que os triciclos oferecem ao empreendedor mais um modelo de negócio a um preço acessível. “A expectativa é que 20% das vendas dos triciclos utilitários sejam para tal aplicação”, conta animado.

Os triciclos foram desenvolvidos para atender as mais diversas demandas: desde o pequeno empreendedor até grandes clientes corporativos. O produto chega ao mercado para atender uma lacuna no segmento de veículos e tem muitas vantagens se comparado as demais opções. Entre as aplicações mais comuns estão a venda de salgados, polpa de frutas, pet shop, gás, material de construção, administração imobiliária, passeios turísticos, entre outros.

Um dos diferenciais da marca é que possui eixo cardan, o que permite mais potência no torque, confiabilidade e durabilidade. Com o intuito de fornecer ainda mais conforto ao condutor, possui sistema de transmissão com marcha à ré, facilitando a locomoção. Além disso, a empresa oferece em seus três modelos aproximadamente 30 itens de segurança, como extintor de incêndio e freio de mão. Vale destacar também que o veículo é econômico (25 km por litro na versão carga) e dispensa o uso de capacetes.


Publicidade


Leia Também:
Anterior:

Próxima:

Publicidade