Publicidade

Volvo Bus Latin America entrega 379 ônibus para a Colombia

A Volvo Bus Latin America entregou 379 ônibus para o Sistema Integrado de Transporte Público de Bogotá, capital da Colômbia, no primeiro trimestre deste ano. São 200 ônibus híbridos e 179 ônibus convencionais que vão operar integrados ao Transmilênio, como é conhecido o sistema BRT da cidade.

A Volvo está presente em Bogotá desde o início do projeto do Transmilênio, em 2001. A empresa é líder no segmento de ônibus urbanos na capital do país, com mais de 65% de participação de mercado. A opção por ônibus articulados, biarticulados e os alimentadores da marca vem contribuindo para o BRT da cidade ser considerado um dos mais modernos e eficientes do mundo.

“Os nossos veículos conquistaram os clientes pela robustez, alta disponibilidade e eficiência no consumo de combustível, um dos itens que mais pesam na planilha orçamentaria”, diz Euclides Castro, gerente de ônibus urbanos da Volvo Bus Latin America.

A Volvo oferece aos seus clientes suporte pleno de pós-venda para maximizar o desempenho dos veículos com um menor custo operação. No pacote estão incluídos treinamento constante de motoristas, sistema de telemetria, para que acompanhem a performance dos ônibus em tempo real; e atendimento nas garagens dos clientes com equipe de mecatrônicos especializados. Além disso, todos os híbridos vão operar com um contrato em que a Volvo assume não só a manutenção do veículo, mas também a total responsabilidade pela bateria dos veículos.

Híbridos

Os primeiros dos 200 híbridos da Volvo que vão operar no sistema de transporte urbano de Bogotá começam a circular na segunda quinzena de abril. Para oferecer aos clientes o suporte necessário para operação dos novos veículos, a empresa está construindo uma nova oficina na cidade. Além disso, os motoristas que vão dirigir os híbridos também estão recebendo treinamento adequado para que consigam tirar o melhor proveito da tecnologia.

“Estamos reforçando nossa estrutura para atender aos clientes que adquiriram veículos híbridos. A tecnologia ainda é novidade e o treinamento dos motoristas é fundamental para que obter a melhor média de consumo, garantir uma baixa emissão de poluentes e recarregar as baterias durante as frenagens”, explica Alexandre Selski, gerente comercial da Volvo Bus Latin America na Colômbia.

A economia de combustível e redução de emissões devem-se à tencologia desenvolvida pela Volvo: dois motores, um a diesel e outro elétrico, que funcionam em paralelo ou de forma independente. Quando o veículo opera no modo elétrico não consome combustível e não emite poluentes. O motor elétrico é utilizado para arrancar o ônibus e acelerá-lo até 20 km/h e o motor diesel entra em funcionamento em velocidades mais altas. O motor a diesel fica desligado quando o veículo está parado para embarque e desembarque e a energia das frenagens é usada para carregar as baterias do motor elétrico.


Publicidade


Leia Também:
Anterior:

Próxima:

Publicidade