Publicidade

PEUGEOT no Salão de Pequim: lançamento do crossover 2008, do concept car EXALT e da série Roland Garros

Em um estande de 1.346 m2, a Marca registra sua presença na mostra chinesa com a exposição de 16 veículos de série e um concept car, sua mais jovem e ampla gama no mercado chinês. Com o lançamento do crossover 2008, de uma oferta completa com a assinatura Roland Garros e do conceito EXALT, expressa o requinte francês, além de mostrar seu know-how tecnológico único, por meio do 2008 HYbrid Air.

PEUGEOT EM PLENA ACELERAÇÃO NA CHINA

O Salão de Pequim abre as portas em meio a um momento de expansão comercial sem precedentes para a PEUGEOT na China. A Marca estabeleceu um novo recorde de vendas no mercado chinês no primeiro trimestre de 2014, quando vendeu mais de 85 mil veículos novos, um crescimento de 18,6% em relação aos três primeiros meses de 2013, enquanto o mercado global apresentou alta de 13,3% no mesmo período. Todos os lançamentos mais recentes foram bem sucedidos: lançado em janeiro de 2013, o 3008, por exemplo, registrou mais de 52 mil pedidos, superando as expectativas iniciais; já o 301 conquistou 23 mil clientes desde que chegou ao mercado, em novembro passado.

CROSSOVER 2008, PRESTES A CONQUISTAR O MERCADO CHINÊS

O PEUGEOT 2008, crossover urbano da Marca, é sinônimo de sucesso na Europa, onde teve mais de 130 mil unidade comercializadas em menos de um ano de vida comercial. Seu lançamento na China, um mercado que vive pleno crescimento no segmento de SUVs compactos, permitirá à Marca atingir o objetivo global de 221 mil unidades em 2015. O modelo tem a responsabilidade de conquistar a liderança no segmento B+ na China, que é hoje o principal mercado automotivo do mundo. O público-alvo do 2008 na China são os jovens da nova classe média, na faixa etária dos 30 anos.

EXALT: O DNA DA PEUGEOT ALIADO À MISTURA DAS CULTURAS FRANCESA E CHINESA

Diretamente inspirado no concept car ONYX, o EXALT é a tradução da aliança de diferentes universos para um resultado inédito. Ele é composto por materiais tradicionais e tecnológicos, misturando o know-how das culturas francesa e chinesa. Em homenagem à arte dos automóveis franceses do período compreendido entre as décadas de 1920 e 1930, sua carroceria em aço bruto foi concebida pelas mãos de um artesão especialista em chapas metálicas.

O conceito apresenta linhas fluídas e sua carroceria é demarcada pela associação do aço bruto com um material denominado Shark Skin, inspirado na textura da pele de tubarão, aplicado na parte traseira do veículo, em tom vermelho. O interior deste sedã de cinco portas conta com quatro lugares independentes e artesanato em madeira tradicional da China – ébano, nativa do continente asiático, aplicada na parte superior dos painéis das portas, trabalhado por dois artistas chineses.

A agência de design PINWU criou um padrão que combina elementos que remetem ao leão, símbolo da Marca, com caules e folhas de bambu, enquanto um mestre chinês esculpiu a arte utilizando uma técnica tradicional para realizar impressões em tecido e papel. O condutor do EXALT dispõe de um i-Cockpit, concebido para o prazer de condução. O conceito é equipado com uma cadeia de tração HYbrid4 plug-in, com potência total de 340 CV, composta por um motor 1.6l THP de 270 CV, acoplado a uma transmissão automática de seis velocidades, e um motor elétrico de 67 CV (50 kW), posicionado no eixo traseiro, que permite uma tração integral 4×4.

GAMA ROLAND GARROS, A ELEGÂNCIA FRANCESA REFORÇADA POR UM EMBAIXADOR DE PRESTÍGIO

Pelo terceiro ano consecutivo, a PEUGEOT aproveita a forte notoriedade do Torneio de Roland Garros na China – e a atmosfera elegante que o acompanha – para apresentar três veículos com essa assinatura: 3008, 508 e 308 CC. Essa série especial altamente equipada se beneficiará de dois aspectos de grande impacto: a celebração dos 30 anos de parceria da Marca com o torneio de Roland Garros e a assinatura de uma parceria global com Novak Djokovic, ícone do tênis mundial e número 2 do ranking, altamente reconhecido na China.

RCZ R: DESEMPENHO E EFICIÊNCIA ASSINADOS PELA PEUGEOT SPORT

Pouco tempo depois de sua apresentação no Salão de Frankfurt, na Alemanha, a versão superpotente do cupê esportivo RCZ vai ao encontro do público chinês mostrar o conhecimento da Marca em termos de design e experiência de condução. O novo motor 1.6l de 270 CV, com emissões de CO2 de apenas 145 g/km, confere ao RCZ R índices de performance e eficiência inéditos. Assim, a PEUGEOT oferece o melhor de sua experiência automotiva, reforçada pela experiência dos engenheiros da PEUGEOT SPORT.

Conceito PEUGEOT EXALT, um design inovador para sensações intensas

Com o EXALT, a PEUGEOT revela sua visão imponente de um sedã, seguindo a abordagem iniciada em 2012 com o conceito ONYX.
Desde o primeiro contato, o EXALT agrada os sentidos com suas opções de estilo radicais e materiais selecionados.
Vista pela primeira vez no ONYX, a linha definida da carroceria é reinterpretada através da associação do aço bruto com um material têxtil eficiente, o Shark Skin, inspirado na textura da pele de tubarão. O notável conforto acústico revela uma série de materiais utilizados no acabamento interno, como tecido misto, couro envelhecido, aço bruto e ébano (essa variedade de madeira nobre é decorada com um motivo criado pelo estúdio de design PINWU).
A tecnologia incorporada faz de cada viagem uma experiência: PEUGEOT i-Cockpit, luz negra, purificador de ar Pure Blue.
O concept car é alimentado pelo propulsor HYbrid4 a gasolina, com 340 CV de potência.

“Os 125 anos de história automobilística da PEUGEOT são marcados por modelos que fizeram época. Com o conceito EXALT, a Marca afirma suas escolhas e escreve uma nova página de sua história. Ela avança com determinação e confiança.”

Maxime Picat, Diretor Geral da PEUGEOT

UM SEDÃ DINÂMICO

Com suas linhas requintadas e robustas, o EXALT expressa toda a potência do design da PEUGEOT. Dotados de bitolas largas e curvas potentes, esse sedã cinco portas exprime seu estilo ao longo dos 4,70m de comprimento. A aliança de superfícies planas e linhas definidas confere agressividade e suavidade em seu estilo. O EXALT optou pelo radicalismo, eliminando todo e qualquer material supérfluo e conservando apenas o necessário. Ele é composto por materiais derivados da associação do know-how das culturas francesa e chinesa. Todos esses materiais foram rigorosamente selecionados para uma maior eficiência.

“O PEUGEOT EXALT apresenta linhas robustas, potentes, distintas e materiais audaciosos. Seu espaço interno composto por materiais naturais privilegia o conforto e uma condução instintiva. Este conceito inova para tornar o sedã ainda mais atraente e polivalente.”

Pierre Paul Mattei, responsável pelo estilo do PEUGEOT EXALT

Em homenagem à arte dos automóveis franceses dos anos 1920-1930, a carroceria em aço bruto foi concebida a mão por um artesão especialista em chapas metálicas. É uma peça única que reinterpreta os códigos históricos que compõem a paixão automobilística: linhas alongadas e dinâmicas, cintura de carroceria alta, para-brisa inclinado, teto baixo (apenas 1,31m), perfil esguio e cabine volumosa, laterais curvilíneas que repousam numa base de carroceria em fibra de basalto e rodas de 20 polegadas.

O capô alongado surge de uma face dianteira extremamente expressiva, com faróis duplos integrados ao para-choque, que compõem a assinatura luminosa característica da Marca. No centro, a grade robusta emerge da carroceria e acolhe o leão duplamente simbólico. Com efeito, o animal não apenas é o emblema da Marca, mas também simboliza, na cultura chinesa, a potência e o prestígio. Para melhorar o coeficiente aerodinâmico, a traseira do EXALT é revestida com o material têxtil Shark Skin. Graças à sua textura e ao acabamento tecnológico, esse material derivado do biomimetismo aumenta sensivelmente as capacidades aerodinâmicas do veículo, a fim de reduzir o consumo. Sua utilização é realçada por um corte franco, que faz a transição entre a porta traseira e a vigia lateral, e entre a tonalidade cinza do aço e vermelha do Shark Skin.

Esse material contribui para o desempenho aerodinâmico do EXALT – com um Cx de 0,6 – associado a outros elementos: extrator de ar no para-choque traseiro, curvatura do teto, retrovisores perfilados. Com essa aerodinâmica excepcional, o impacto do EXALT no meio ambiente é essencialmente visual. De fato, uma faixa horizontal na reentrância do spoiler traseiro define a largura do carro e confere volume à assinatura luminosa.

“Com o EXALT, a PEUGEOT revela sua visão de um sedã que associa design requintado e polivalência. Essas escolhas radicais somadas às qualidades do veículo fazem com que ele seja imediatamente desejável.”

Gilles Vidal, diretor de Estilo da PEUGEOT

O PEUGEOT EXALT oferece também uma polivalência inédita para um sedã. O porta-malas é dotado de um mecanismo de abertura inovador com pantógrafos, arquitetura que proporciona abertura máxima, ocupando um espaço externo reduzido. O mecanismo de abertura é motorizado e conta com assoalho em posição baixa. Revestido de madeira, ele tem uma aparência extremamente requintada e facilita a manipulação das bagagens.

CONDUÇÃO INSTINTIVA

“Para fazer esse conceito, fui buscar inspiração no mundo da música. A harmonia é uma noção fundamental, pois as notas se misturam para criar uma música profundamente comovente. É assim que a tecnologia e a tradição se misturam no EXALT. No PEUGEOT i-Cockpit, um bloco de mostradores digital alto encontra-se lado a lado com os Toggle Switches. O resultado é puro, atemporal.”

Alessandro Riga, designer do interior do PEUGEOT EXALT

O PEUGEOT i-Cockpit proporciona uma experiência de condução intensa, voltada para o prazer. O pequeno volante recoberto de couro e de tecido misto, assim como o bloco de mostradores digital alto, encontram-se no eixo do condutor, assegurando uma pegada e uma leitura intuitivas. No prolongamento do console central, duas telas sensíveis ao toque e escamoteáveis surgem do painel de instrumentos. A tela superior dá acesso ao computador de bordo, ao sistema HiFi e à navegação, enquanto a segunda tela tem uma faixa visível em permanência, que comanda a climatização automática e o sistema Pure Blue.

No painel de instrumentos estão implantados os novos Toggle Switches, cujo desenho evoca o universo musical. Eles estão divididos em dois grupos, com dois comandos à esquerda do volante e sete à direita. Essa repartição adapta-se à capacidade do cérebro de memorizar facilmente até sete elementos, em formação e em função. Além disso, o condutor pode associar livremente ao Toggle Switches diferentes funções: acesso à navegação com um comando e parametrização com o outro, entre outras.

Ele também pode escolher um dos Toggle Switches para ativar o sistema de luz negra. Integrado aos faróis, esse sistema é especialmente eficaz nas transições entre o dia e a noite, permitindo uma condução segura em condições de pouca visibilidade, quando a luz negra realça a sinalização no solo. Para maior conforto dos ocupantes, o PEUGEOT EXALT é equipado com um inovador sistema de tratamento do ar, chamado Pure Blue. Com o veículo parado e vazio, o sistema Pure Blue purifica as superfícies da cabine por meio da difusão de bactericidas e fungicidas. Quando o veículo está em movimento, um filtro ativo dianteiro trata o ar assim que ele penetra no habitáculo, eliminando os compostos orgânicos voláteis e as partículas finas. Dessa forma, os ocupantes viajam permanentemente numa atmosfera purificada.

UMA CONCEPÇÃO VISIONÁRIA

“O PEUGEOT EXALT é composto por materiais brutos e naturais, associados a materiais inovadores e eficientes. A ideia foi revestir de maneira útil e inteligente, visando a otimização para economizar materiais e reduzir as sobras de produção. Essa abordagem responsável também se aplica ao fornecimento local dos materiais, como o ébano proveniente das florestas tropicais do sul da Ásia.”

Sophie Gazeau, estilista de Cores & Materiais do PEUGEOT EXALT

“O PEUGEOT EXALT exerce uma atração irresistível sobre todos os amantes de automóveis, independentemente de sua origem. Esse conceito une a elegância ocidental à sofisticação oriental.” Fengyou Gong, designer da PEUGEOT China

O PEUGEOT EXALT é uma extensão da abordagem lançada com o conceito ONYX, em 2012. No trabalho feito na carroceria, o aço é empregado em estado bruto para que o material possa expressar plenamente as linhas do veículo. Alguns elementos, como as rodas, também foram deixados em estado bruto para realçar o desenho. O aço é mantido em estado bruto em todas as partes que não entram em contato direto com o corpo dos quatro ocupantes. Na altura dos cotovelos e do apoio dos braços, foi utilizada uma madeira com tonalidades quentes. A partir da linha inferior do vidro, a madeira é substituída por um tecido misto a base de lã natural, que reveste o interior das portas, o painel de instrumentos e o teto. Entre esses dois materiais, uma faixa confeccionada por impressão em 3D dissimula o sistema HiFi. Sua estrutura é inspirada nas cabines de isolamento acústico, com paredes que reduzem as perturbações sonoras.

A bordo do PEUGEOT EXALT, todos os ocupantes recebem um tratamento privilegiado, seja o condutor ou os passageiros. Os bancos, dotados de uma estrutura heterogênea, conjugam assento e encosto em tecido misto, com laterais em couro envelhecido. O tecido e o couro são utilizados num processo que otimiza a gestão dos recursos. Assim, para evitar os cortes e as sobras de produção, o tecido é trabalhado com pinças. Esse processo simples é inspirado na tradição das grandes “maisons” de confecção masculina. Obtém-se, assim, uma superfície de tecido sem costuras e com dobras definidas. Normalmente, o couro utilizado nos automóveis, para ser considerado perfeito, não deve apresentar marcas antes de ser curtido.

O EXALT, dentro da lógica de otimizar os couros, se apropria dessas imperfeições estéticas para imprimir em cada peça uma assinatura única. Em seguida, os couros são envelhecidos naturalmente, sem utilizar produtos químicos. O ébano foi selecionado por ser uma madeira nobre, nativa do continente asiático. Ele ostenta um motivo desenhado pela agência de design PINWU: associando elementos que remetem a um leão, símbolo da Marca, e caules e folhas de bambu, sua realização foi confiada a um artesão chinês, que domina uma técnica tradicional. Finalmente, a fibra de carbono cede lugar à fibra de basalto, um composto natural. Derivado da pedra do mesmo nome, ele diminui a utilização de recursos petroquímicos.

UMA MOTORIZAÇÃO EFICIENTE

Pesando apenas 1.700kg, o PEUGEOT EXALT é alimentado por um grupo motopropulsor HYbrid4 plug-in com uma potência total de 340 CV, repartida entre as quatro rodas. O capô abriga o motor 1.6l THP de 270 CV de potência, desenvolvido pela PEUGEOT SPORT. Acoplado a uma caixa de câmbio automática de seis marchas, esse bloco de 4 cilindros a gasolina desenvolve uma potência específica de cerca de 170 CV/l, portanto, posicionada entre as melhores do mundo.

Na traseira, a suspensão multibraço integra um motor elétrico de 50 kW (67 CV) para as fases de funcionamento elétrico ou híbrido, que também intervém na recarga da bateria, através da recuperação da energia da frenagem. A tecnologia HYbrid4 converte, assim, a eletricidade em energia cinética que seria dissipada pelos discos e pastilhas. Tecnologia inteligente, o HYbrid4 adapta-se instantaneamente aos desejos do condutor e seleciona o modo mais adaptado: 100% elétrico, gasolina ou ciclo misto. Com isso, o condutor usufrui da viagem e se beneficia do know-how da PEUGEOT em matéria de comportamento dinâmico. Com o PEUGEOT EXALT, a Marca engrandece o sedã, demonstrando, mais uma vez, que a emoção está gravada em seu patrimônio e seus genes.


Publicidade


Leia Também:
Anterior:

Próxima:

Publicidade