Publicidade

Caminhões Volvo VM já podem sair de fábrica equipados com a caixa de câmbio I-Shift

A Volvo já está comercializando a linha de caminhões VM com a caixa de câmbio eletrônica I-Shift. A transmissão da Volvo é reconhecida internacionalmente por proporcionar uma série de benefícios ao transportador, como menor consumo de combustível, mais conforto e segurança e menor custo operacional para o caminhão. “Agora, todas estas vantagens estão também nos VMs equipados com a caixa de câmbio eletrônica”, diz Bernardo Fedalto, diretor de caminhões do Grupo Volvo para o Brasil.

A caixa de câmbio que está sendo introduzida nos caminhões VM é a mesma que equipa o FH, o caminhão extra-pesado da Volvo, um dos líderes de vendas no Brasil em seu segmento. A I-Shift está presente em mais de 90% dos caminhões FH que saem da linha de produção. “É uma transmissão que experimentou um sucesso espetacular em poucos anos”, destaca Álvaro Menoncin, gerente de engenharia de vendas da Volvo.

“Decidimos equipar a linha VM com a caixa I-Shift porque os benefícios para a operação de transporte são enormes. O transportador, que já tinha aprovado a linha VM, agora tem ainda mais razões para escolher o caminhão”, observa Francisco Mendonça, gerente de caminhões VM do Grupo Volvo América Latina.

Todas as aplicações

“A I-Shift do VM é de última geração, aplicável para praticamente todas as operações, seja em veículos de distribuição urbana, rodoviários ou fora de estrada”, ressalta Marco Mildenberg, engenheiro de planejamento de produto da Volvo. Com uma carcaça em alumínio que proporciona baixo peso e alta robustez, a caixa tem um gerenciamento de trocas de marchas controlado por um software específico para a linha VM.

A transmissão I-Shift está disponível para os seguintes modelos: VM 330cv 4×2 cavalo mecânico; VM 270cv 4×2, 6×2 e 8×2 rígidos; VM 330cv 4×2, 6×2 e 8×2 rígidos; VM 270cv 6×4 e 8×4 rígidos; e VM 330cv 6×4 e 8×4 rígidos.


Publicidade


Leia Também:
Anterior:

Próxima:

Publicidade