Publicidade

Mesmo com a volta do IPI reduzido dos carros 0KM, carros usados vendem 80% a mais. Saiba como deve ser feita esta escolha

Segundo a Federação Nacional das Associações dos Revendedores de Veículos Automotores (Fenauto), com a volta do IPI (Imposto para produtos industrializados), apenas em fevereiro, houve um aumento de 18% nas vendas dos carros usados. Apesar dos milhares carros 0 km à venda, a comercialização dos veículos usados ainda é maioria, cerca de 80% a mais. E é nesse momento que o comprador precisa ficar atento para não ser lesado.

Pedro Celandroni, da Super Visão Vistorias, empresa especializada em vistorias automotivas, afirma que, além dos cuidados básicos, é muito importante consultar um profissional, afinal, tem sempre uma novidade nesse mercado. “Além de verificar, pintura, lataria e depreciação de alguns acessórios, é muito importante olhar outros componentes rigorosamente, como chassi”, resume.

O especialista ainda alerta para alguns cuidados que toda negociação deve ter, seja na venda entre particulares ou para concessionárias. “Parece redundante repetir algumas coisas, como verificar a documentação do automóvel antes da compra, mas infelizmente ainda existem muitas pessoas que caem em golpes. Os falsificadores se superam a cada instante e nesse mercado aprendemos macetes diariamente” diz.

A vistoria no carro a ser comprado também deve ser exigida para comprovar a idoneidade do bem. Com ela, é possível avaliar problemas na pintura e remendos feitos na lataria. Além disso, medidas importantes como a verificação de número de chassi, podem evitar problemas futuros. “Como ele é um código alfanumérico que está impresso em diferentes partes do carro, é fácil reconhecer quando o carro já foi batido ou tem procedência duvidosa” alerta Celandroni.

A quilometragem também deve ser levada em consideração no momento da decisão, uma vez que é muito fácil alterar a quilometragem total. Para saber se houve algum tipo de alteração, as empresas de vistorias fazem um scanner no módulo central que acusará a verdadeira rodagem.

“Olhar a ponteira do escapamento também ajuda muito. Se houver óleo ou estiver pegajoso é sinal de algum problema no motor, o correto é que haja apenas fuligem”. Já pneu gasto em uma das extremidades significa problemas de alinhamento ou colisão. Pedal, câmbio, volante e estofado gasto também denunciam o desgaste do carro. Para não ser lesado, escolha sempre uma empresa de vistorias de sua confiança e converse com o seu mecânico.

Sobre a Super Visão

Fundada em 2005, a Super Visão Vistorias é líder no segmento de vistorias automotivas. Atuando no sistema de concessão, possui mais de 92 lojas espalhadas por todo Brasil e soma aproximadamente 700funcionários em todas as unidades. Nestes 06 anos, mais de 4.000.000 laudos já foram emitidos, proporcionando uma compra segura para todos os envolvidos.

A empresa também oferece soluções nas áreas de laudos de transferência, vistoria cautelar e adequação às resoluções do DENATRAN.


Publicidade


Leia Também:
Anterior:

Próxima:

Publicidade