Publicidade

No Salão de Nova York Dodge apresenta novos Challenger e Charger

O público que começar a visitar o Salão de Nova York a partir deste sábado vai encontrar duas estrelas no estande da Dodge. São os dois muscle cars da marca, o Challenger e o Charger, que foram bastante renovados para a linha 2015.

O Dodge Challenger recebeu alterações visuais que remetem ao modelo de 1971, com detalhes como a grade separada, o ressalto maior no capô e o console alto no centro do painel, que é inteiramente novo. Por fora, ainda se destacam os faróis com aros de LEDs, tecnologia também usada nas novas lanternas traseiras. Para completar, duas novas versões entraram na linha: 6.4 Scat Pack e 392 HEMI Scat Pack Shaker, ambas com o novo motor HEMI 6.4 V8, que produz estimados 492 cv e 65,7 kgmf. O câmbio pode ser manual de seis marchas ou automático de oito. Com o último, o Dodge Challenger é capaz de acelerar de 0 a 96 km/h em cerca de 4,5 segundos. A velocidade máxima é de 293 km/h.

Por sua vez, o novo Dodge Charger reforça sua posição de único muscle car de quatro portas com o redesenho quase completo da carroceria, na qual se destaca a dianteira, com agressivos faróis com LEDs (igualmente presentes nas novas lanternas traseiras). O interior foi atualizado, com novos volante e quadro de instrumentos com tela TFT de 7 polegadas. O motor mais potente do Dodge Charger continua sendo o HEMI 5.7 V8, de 375 cv e 54,6 kgfm, também disponível para o Challenger.

Mais informações e fotos estão à disposição no site media.chrysler.com.

Sobre a marca Dodge

A Dodge está em seu ano de centenário focada no futuro, com o objetivo de criar veículos que os consumidores queiram dirigir e tenham orgulho de estacionar em suas garagens. Com 100 anos de história, a Dodge traz na bagagem o pioneirismo dos anos 30 e 40, a evolução do design dos anos 50, a herança de competição dos anos 60, a potência dos anos 70, a eficiência dos anos 80 e o estilo inovador dos anos 90 e 2000. Tudo para pavimentar a estrada da marca rumo aos próximos séculos de existência.


Publicidade


Leia Também:
Anterior:

Próxima:

Publicidade