Publicidade

Mitsubishi Pajero TR4 ganha porta-pacotes ecológico. Produzido com fibras naturais, componente proporciona vantagens técnicas e ambientais

Mitsubishi Pajero TR4Para atender aos programas ambientais da indústria automobilística, a Mitsubishi Motors passou a adotar no Pajero TR4 porta-pacotes e suporte lateral traseiro produzidos com Ecofibra Automotive, laminado que mescla polímero com fibra natural.

Fabricado pela Artecola Química, além de contribuir para a redução de peso e do nível de ruído interno, o Ecofibra Automotive proporciona maior facilidade de moldagem e é completamente reciclável, o que eleva o padrão ecológico do automóvel. O projeto para o Mitsubishi Pajero TR4 envolveu fibras naturais de cana-de-açúcar e foi desenvolvido ao longo de 18 meses com o objetivo de atender às especificações ambientais e aptidão ao processo de moldagem.

O diretor de operações da Artecola Química, Rafael Müssnich, informa o Ecofibra Automotive é confeccionado com fibras naturais, com importantes vantagens ecológicas e técnicas para a produção de peças internas dos veículos, o que reflete a preocupação da indústria automobilística nacional com o meio ambiente.

O laminado é utilizado de forma crescente para a produção de painéis de portas, porta-pacotes, revestimento de assoalhos, de caixas de rodas e outros componentes. Como atributos adicionais, apresenta as vantagens de baixo custo, simplicidade de processo, menor peso, flexibilidade de aplicações, fácil moldagem e acabamento de alto padrão. “Todas essas vantagens levam as empresas preocupadas com a sustentabilidade a adotar a aplicação do Ecofibra”, salienta Müssnich.

EMPRESAS ARTECOLA

Com três operações distintas – Artecola Química (adesivos e laminados), MVC (plásticos de engenharia) e Arteflex (EPIs) – as Empresas Artecola mantêm plantas industriais no Brasil, Chile, Argentina, Peru, Colômbia, México e China. A companhia atua desde 1948 em diferentes mercados, e registra intenso crescimento anual. Mais informações: www.empresasartecola.com.br.


Publicidade


Leia Também:
Anterior:

Próxima:

Publicidade