VaiMoto amplia serviço e oferece a bike entrega. Novo modelo permite escolher ciclistas para as entregas na capital paulista e deve corresponder a 5% de todas as corridas até o final de 2014

A VaiMoto (www.vaimoto.com.br), primeira plataforma do Brasil que conecta o serviço de motofrete com usuários, fechou parceria com a Bikentrega (www.bikentrega.com.br), empresa especializada em entregas por meio de bikeboys. O objetivo é oferecer o serviço para pequenas encomendas, em um percurso de até 15 quilômetros dentro da área de atendimento da Bikentrega. A parceria que existe desde abril, conta com 12 profissionais cadastrados, que atendem os 15 bairros com maior número de solicitações dentre as regiões sul, central e oeste da capital paulista.

As solicitações podem ser feitas pelo site da VaiMoto ou pelo aplicativo, disponível na versão iOS. Os ciclistas, afiliados Bikentrega, recebem as chamadas em um aplicativo próprio e informam ao usuário quanto cobrariam pelo serviço, ficando a critério do mesmo eleger aquele que mais se adequa às suas necessidades. Este é o mesmo modelo aplicado aos motofretistas cadastrados na plataforma.

Essa parceria é mais um passo da empresa na evolução do modelo de negócio atual. “Queremos tornar a VaiMoto uma empresa de logística urbana, atendendo às mais diversas necessidades dos usuários, mas que atue também de forma mais sustentável”, explica Daniel Muniz, fundador da VaiMoto. De acordo com o executivo, a expectativa é que as entregas com bicicletas representem 5% de todas as corridas registradas pela plataforma, incluindo as feitas pelos motofretistas, até o final do ano.

Com a nova modalidade de entrega, que não emite nenhum poluente no ar, a VaiMoto reafirma suas ações em prol de um modelo de negócio sustentável, contribuindo com o meio ambiente. “Além de oferecer aos clientes uma opção de transporte livre de poluentes, essa parceria entre a VaiMoto e Bikentrega reforça a importância do respeito entre os ciclistas e motofretistas no transito de São Paulo, servindo de exemplo para os outros modais”, acrescenta Emerson Violin, proprietário da Bikentrega – entregas não poluentes. Vale destacar que, em abril, a empresa realizou o “VaiMoto Carboon Free”, em que compensou, com o plantio de 17 árvores, toda a emissão de CO2 produzida pelos motoboys por meio das corridas realizadas pelo aplicativo. A quilometragem ultrapassou 38 mil e a produção gases acima de 2 (duas) toneladas.

Lançada em outubro de 2012, a VaiMoto conta com mais de 3 mil motofretistas cadastrados, além de receber mais de 400 solicitações por dia. A empresa atende a capital paulista, Grande São Paulo e Rio de Janeiro e a expectativa é chegar a 25 mil corridas/mês em 12 meses de operação.

Sobre Daniel Silva – CEO e fundador

Formado em Administração e Economia pela Edinboro University of Pennsylvania, EUA (2003), fez Mestrado em Empreendedorismo na European School of Economics, Reino Unido (2008). Daniel cofundou outras três empresas (2SV Sports Management, Restaurante Líquido e Zen•T) e, em 2010, fundou a DCAN+M, empresa com vasta experiência em criação de desenvolvimento de soluções mobile e que funciona também como incubadora de empresas, acelerando projetos como PJClube (Compra coletiva entre empresas), Tsyea (Plataforma Crowdsourcing que connectava empresas e criativos, TilTheRace (Aplicativo IOS e Android) e PrintPic. É o fundador da VaiMoto.

Sobre Bruno Mendes – Diretor de Operações

Formado em Desenho Industrial e MBA em Marketing, Bruno já trabalhou em bancos, secretarias de esportes, além de agências de diversos segmentos (trade, design, publicidade), cuidando de criação, planejamento e atendimento. Empreendedor por natureza, foi um dos fundadores da Tática4, empresa que idealizou e realizou o primeiro festival de música e esportes radicais do Brasil em 2006. Hoje é Diretor de Operações da VaiMoto.

Sobre a VaiMoto

A VaiMoto (www.vaimoto.com.br) é o primeiro aplicativo que conecta quem precisa do serviço de entrega com os melhores motoboys do mercado. Lançada em outubro de 2013, a plataforma foi idealizada pela DCAN+M, empresa com vasta experiência em criação de desenvolvimento de soluções mobile, que fomentou todas as etapas do processo e serviu de incubadora do projeto. A plataforma conta com mais de 3 mil motoboys cadastrados e prevê chegar a 25 mil corridas/dia em 12 meses de operação.



Leia Também:
Anterior:

Próxima: