Roubos de veículos crescem 12,9% no primeiro semestre de 2014, em São Paulo. Investir em seguro automotivo é um dos conselhos da San Martin

Dados da Secretaria de Estado da Segurança Pública de São Paulo apontam que houve um crescimento no número de carros roubados no primeiro semestre de 2014. De janeiro a junho foram roubados mais de 52 mil veículos no Estado de São Paulo, contra 46 mil no mesmo período do ano passado, representando um aumento de 12,9%. Este tipo de acontecimento acomete o orçamento de muitos brasileiros que não possuem seguro automotivo.

Segundo o sócio fundador da San Martin Seguros, Carlos Alexandre Gomes, o investimento em um seguro automotivo deve ser realizado para que o motorista esteja prevenido contra todas as modalidades de dano, como incêndio, colisão, roubo e possíveis alagamentos. “Hoje, o Estado de São Paulo possui mais de 25 milhões de automóveis, de acordo com dados de DENATRAN, mas temos que levar em consideração que o número de roubos, furtos e acidentes de trânsito aumenta a cada ano. Devido a estes e outros fatores, um seguro para o carro se torna essencial aos motoristas”, revela.

A demanda por seguros de automóveis é crescente, mas muitos desconhecem as vantagens de contratar uma apólice. A San Martin Seguros lista alguns motivos pelos quais vale a pena realizar a contratação. “Uma das formas mais eficientes de proteção do carro é contratar um seguro. Alguns clientes ficam anos sem precisar acionar a seguradora, mas a sensação de segurança proporcionada é muito grande. Dessa forma, há uma tranquilidade maior ao sair de casa, viajar e transitar em diferentes regiões”, explica Carlos Alexandre Gomes.

Além dos roubos e furtos, que são uma preocupação constante, todos os anos um de cada sete veículos, em média, envolve-se em algum acidente de trânsito. Engarrafamentos, excesso de veículos, desatenção na via, embriaguez ao volante e alta velocidade são as causas mais frequentes de acidentes. Outra questão importante é a circulação de carros de luxo. Já imaginou bater o carro em um destes modelos e ter que arcar com o prejuízo sozinho? Ao acionar o seguro do carro, a franquia acaba saindo bem mais em conta.

Nos últimos anos, os seguros de carro oferecem também uma série de serviços de assistência não só para o carro, como guincho e mecânico, mas também para pequenos reparos na residência dos contratantes. E para fidelizar cada vez mais o cliente, algumas companhias apostam em benefícios extras, como descontos em estacionamentos, serviços automotivos, concessão de carros extras, cursos, entre outras opções. O motorista responsável também leva vantagem. Existem empresas de seguros que dão descontos aos clientes que não possuem infrações em sua carteira de motorista.

A administradora de empresas, Fabíola Leme contratou um seguro automotivo pensando na proteção contra furto e roubo, no entanto aconteceu algo inusitado. “Meu carro pegou fogo, a causa foi desconhecida, não acreditei no ocorrido. Foi um prejuízo emocional enorme, mas graças ao seguro não terei nenhum gasto com o veículo, a seguradora irá cobrir o prejuízo, o que ajuda muito”, conta aliviada.

“Os interessados em contratar um seguro automotivo devem analisar se a empresa em questão é regulamentada pela Superintendência de Seguros Privados, conhecida como SUSEP. Após esta ação, o motorista escolhe a cobertura que é baseada em alguns fatores, como o perfil do motorista, idade, cidade onde mora, regiões por onde transita, modelo e ano do veículo, por exemplo, para assinar um contrato de adesão. Vale ressaltar que o valor do seguro varia de acordo com os serviços e perfil de cada usuário”, finaliza o sócio fundador da San Martin Seguros.

Mais informações emwww.sanmartinseguros.com.br.



Leia Também:
Anterior:

Próxima: