Publicidade

Toyota do Brasil registra recorde de vendas em outubro. Fabricante emplacou 19.070 unidades no período, seu melhor resultado mensal da história

Toyota EtiosNo acumulado de 2014, vendas da Toyota totalizam 155.072 unidades, crescimento de 8% em comparação com 2013
A Toyota do Brasil comercializou em outubro 19.070 unidades, o que representou um crescimento de 19% em comparação com o mesmo mês de 2013, quando a marca vendeu 15.983 veículos. Em bases mensais, este foi o melhor mês na história da fabricante.

No acumulado do ano (janeiro a outubro), a Toyota já emplacou 155.072 veículos, o que significa um crescimento de 8% em relação a igual período de 2013, quando foram negociadas 143.757 unidades da marca.

Produtos

Grande parte do crescimento da Toyota se deve à sua estratégia na manutenção de um ciclo de crescimento sustentável no mercado doméstico, além do sucesso obtido por todo o seu line up ao longo de 2014.

O Corolla, que teve sua nova geração lançada em março, acumulou vendas de 6.326 unidades em outubro, crescimento de 17% no comparativo com os emplacamentos do mesmo mês de 2013 (5.425 unidades).

O compacto Etios, produzido na fábrica da Toyota em Sorocaba (SP), terminou o último mês com 6.593 unidades vendidas, computando as carrocerias hatchback e sedã, o que significa um volume 55% superior ao de outubro de 2013, quando foram emplacadas 4.252 unidades do modelo. Este foi o melhor resultado mensal de vendas do Etios, desde o seu lançamento, em 2012.

Atualmente, as duas plantas da Toyota do Brasil, em Sorocaba e Indaiatuba, onde são produzidos o Etios e Corolla, respectivamente, operam acima das suas capacidades nominais (70.000 unidades por ano, cada), a fim de suprir a forte demanda pelos produtos da marca.

Outros motores do crescimento foram as mais de 100 atividades de relacionamento com os clientes promovidos pela equipe de vendas em todo o Brasil, como ações de exposição dos veículos da marca em lugares de grande circulação do público, campanhas de test-drive e patrocínios a eventos gastronômicos e culturais.


Publicidade


Leia Também:
Anterior:

Próxima:

Publicidade