Publicidade

Mudança de hábito: mais rápidos e confortáveis, há quem prefira andar de ônibus a ter que dirigir

Desde maio de 2013, o bancário Rodrigo Souza pega a linha 287 – Santo André/Diadema para ir de casa ao trabalho. Da parada Gilda, em Santo André, à parada Castelo Branco, em Diadema, o ônibus usado por ele leva aproximadamente 45 minutos para percorrer exatos 15 km pelo Corredor ABD. Mas antes, quando ia para o trabalho guiando seu carro, ele conta que gastava, em média, uma hora e meia para fazer o mesmo trajeto.

Assim como ele, outras pessoas estão preferindo deixar o carro na garagem e optando pelo transporte público nas grandes metrópoles. Pesquisa realizada pelo IPESP – Instituto de Pesquisas Sociais, Políticas e Econômicas na cidade de São Paulo, revelou que 6% dos entrevistados também trocaram o carro por outros meios de transporte, nos últimos tempos. E desse total, 67% optaram pelos ônibus para se locomover pela cidade.

“Além de chegar mais rápido ao trabalho e também na volta para casa, outra vantagem de andar de ônibus é que não me estresso mais no trânsito. Posso ir lendo um livro, ouvindo meu iPod ou até tirando um cochilo, com as pernas esticadas. Vivo menos tenso. Estou bem mais relaxado”, conta o bancário. Para ele, os ônibus também estão cada vez mais confortáveis. “Viajo com ar condicionado e, às vezes, tem até Wi-Fi”, diz Souza.

A Metra, responsável pela operação dos ônibus no Corredor ABD, só no ano passado investiu mais de R$ 30 milhões para reforçar sua frota com veículos modernizados. Ar condicionado, poltronas com encosto para cabeça, iluminação led, tomadas internas para os passageiros carregarem celulares, notbooks e outros aparelhos, além de vidros panorâmicos, fazem parte da configuração dos novos veículos adquiridos pela empresa.

“Trocar o carro pelo ônibus foi a melhor coisa que fiz nos últimos tempos. Recomendo para muitos amigos, mas ainda há uma certa resistência. É uma mudança de cultura que precisa de mais tempo para acontecer”, acredita o bancário.

Sobre a Metra – Empresa do ABC Paulista com uma frota de 270 ônibus, que opera pelos 33 km do Corredor ABD (São Mateus-Jabaquara e Diadema-Berrini) – sendo 30 km exclusivos para o uso dos ônibus da empresa. Toda a operação da Metra abrange nove terminais, 110 paradas e 13 linhas que atendem passageiros das zonas Sul e Leste de São Paulo e também das cidades de Mauá, Santo André, São Bernardo do Campo e Diadema.


Publicidade


Leia Também:
Anterior:

Próxima:

Publicidade