Piloto Djalma Fogaça volta ao pódio e assume vice-liderança do campeonato

Anúncios Ecompare

Os dois terceiros lugares conquistados neste domingo, durante a segunda etapa da temporada de 2015 da Fórmula Truck – em Campo Grande (MS) -, alçaram o sorocabano Djalma Fogaça à vice-liderança do campeonato.

Quarto colocado no treino classificatório de sábado, Fogaça partiu em terceiro no grid após a punição imposta a Leandro Totti – autor da melhor volta da sessão de classificação -, e fechou as duas provas do fim de semana na terceira posição.

Djalma FogaçaO forte calor característico da capital sul-mato-grossense foi marcante na etapa e contribuiu para diversas quebras ao longo dos cerca de 60 minutos de prova. Um desafio superado na base da experiência pelo piloto paulista, que se manteve entre os três primeiros durante toda a corrida.

“Foi uma etapa dura, em que tivemos que nos preocupar não apenas com o nosso desempenho, mas também com a resistência do equipamento. Nosso caminhão voltou a demonstrar muita competitividade e este resultado coroou mais uma semana de muito trabalho e de dedicação de nossa equipe”, declarou o piloto.

Anúncios Ecompare

Apesar da punição imposta no sábado, Totti se recuperou durante a prova e conquistou duas vitórias. Com este resultado, ele passou a somar 80 pontos na classificação geral, contra 78 de Fogaça. O próximo desafio da Fórmula Truck será realizada no dia 17 de maio, em Londrina (PR). Veja como terminou a corrida deste domingo no Mato Grosso do Sul e como ficou o campeonato após duas etapas:

1) Leandro Totti (MAN Latin América), 27min37s557
2) Paulo Salustiano (Mercedes-Benz), a 0s744
3) Djalma Fogaça (Ford), a 1s728
4) Adalberto Jardim (MAN Latin América), a 6s637
5) Beto Monteiro (Iveco), a 7s816
6) Gustavo Magnabosco (Scania), a 19s415
7) Jaidson Zini (Iveco), a 22s413
8) Rogério Castro (Mercedes-Benz), a 24s100
9) David Muffato (Scania), a 28s555
10) Pedro Muffato (Scania), a 33s535
11) Régis Boessio (Volvo), a 39s032
12) Luiz Lopes (Iveco), a 41s821
13) Alex Fabiano (Volvo), a 42s246
14) Roberval Andrade (Scania), a 2 voltas
15) Gabriel Correa (Ford), a 2 voltas
16) Wellington Cirino (Mercedes-Benz), a 4 voltas
17) Diogo Pachenki (Mercedes-Benz), a 4 voltas
18) Raijan Mascarello (Ford), a 4 voltas
19) Felipe Giaffone (MAN Latin América), a 5 voltas
20) André Marques (MAN Latin América), a 5 voltas
21) Fabiano Brito (Scania), a 6 voltas
22) Débora Rodrigues (MAN Latin América), a 7 voltas

Melhor volta: Leandro Totti (MAN Latin América), 1min47s531, média de 117,5 km/h

Resultado da segunda fase do GP Petrobras, a segunda etapa da temporada da Fórmula Truck:

1) Leandro Totti (MAN Latin América), 27min14s513
2) Paulo Salustiano (Mercedes-Benz), a3s200
3) Djalma Fogaça (Ford), a 12s862
4) Beto Monteiro (Iveco), a 17s143
5) Jaidson Zini (Iveco), a 1min02s336
6) David Muffato (Scania), a 1min06s777
7) Alex Fabiano (Volvo), a 1min48s761
8) Pedro Muffato (Scania), a 2 voltas
9) Gustavo Magnabosco (Scania), a 4 voltas
10) Diogo Pachenki (Mercedes-Benz), a 4 voltas
11) Adalberto Jardim (MAN Latin América), a 5 voltas
12) Luiz Lopes (Iveco), a 8 voltas
13) Roberval Andrade (Scania), a 11 voltas
14) Rogério Castro (Mercedes-Benz), a 12 voltas
15) Régis Boessio (Volvo), a 14 voltas

Melhor volta: Leandro Totti (MAN Latin América), 1min47s788, média de 117,2 km/h

Os dez primeiros do campeonato de pilotos:

1) Leandro Totti (MAN Latin América), 80 pontos
2) Djalma Fogaça (Ford), 78
3) Beto Monteiro (Iveco), 63
4) Jaidson Zini (Iveco), 56
5) Felipe Giaffone (MAN Latin América), 54
6) Paulo Salustiano (Mercedes-Benz), 51
7) Gustavo Magnabosco (Scania), 47
8) Pedro Muffato (Scania), 46
9) Wellington Cirino (Mercedes-Benz), 44
10) Diogo Pachenki (Mercedes-Benz), 42.

Campeonato de marcas:
1) MAN Latin América, 156
2) Mercedes-Benz, 143
3) Iveco, 119
4) Scania, 97
5) Ford, 97
6) Volvo, 32


Publicidade


Leia Também:
Anterior:

Próxima: