Na etapa de Londrina restritor de potência pode atrapalhar desempenho do piloto Leandro Totti

Anúncios Ecompare

Leandro Totti terá dois desafios pela frente na terceira etapa da temporada da Fórmula Truck. Dia 17 de maio, no Autódromo Ayrton Senna, em Londrina, Paraná, ele tenta manter a liderança do campeonato, assumida com a vitória em Campo Grande, e também busca ganhar pela primeira vez em casa, pois mora na cidade do Norte paranaense. O segundo ponto a ser superado é o uso obrigatório do restritor de potência, que diminui a cavalaria do seu caminhão MAN Latin América em cerca de 70 HP.

“Sem dúvida alguma que o restritor vai complicar muito minha vida e tirar o doce da minha boca. Em Campo Grande eu andei sem, pois não estava entre os três primeiros, e o Felipe, que era o líder, usou e ele sofreu uma perda muito grande, como ele próprio sentiu e vimos na telemetria. Foram cerca de 7 km/h a menos de velocidade na reta”, disse Totti.

Leandro TottiBicampeão brasileiro e dono de dois títulos sul-americanos, Leandro Totti, que tem 17 vitórias na mais popular categoria do automobilismo continental, elogia o trabalho feito pela equipe e, principalmente, o envolvimento da Volkswagen no desenvolvimento dos caminhões da RM Competições, que no ano passado fez campeão e vice: Totti e Felipe Giaffone.

“Gostaria muito que ficasse assim com a nossa equipe se alternando na primeira colocação. A nossa vantagem é que temos aproveitado o regulamento e nossa engenharia e a da Volkswagen trabalham muito para desenvolver nosso caminhão. Nós saímos da corrida e vamos trabalhar na sede trabalhar. Reconheço que tem gente com falta de orçamento para fazer isso. A Volkswagen aproveita o que testa com a gente para levar benefícios para os caminhões de rua. Eles usam a pista como laboratório”, disse o atual campeão da Fórmula Truck.

Anúncios Ecompare

Leandro Totti também comentou a saudável briga interna ente ele e Felipe Giaffone, respectivamente vencedores da primeira e segunda corridas da 20ª temporada da categoria que possui os mais velozes caminhões do mundo.

“Por eu e o Giaffone sermos rápidos, ninguém pode se acomodar e temos uma saudável guerra interna, onde um puxa o outro e ninguém se acomoda. O melhor de tudo é que também nos ajudamos, mas só até a hora da largada. Na pista a disputa está liberada, pois não existe preferência na equipe. Lá dentro defendemos posição normalmente e só temos de ter cuidado para evitar batida na largada”.

Mesmo com o restritor de potência, também conhecido como Lastro de Sucesso, Leandro Totti mantém a esperança de vencer pela primeira vez em Londrina. Ao ser perguntado se gosta da pista da cidade onde mora ele é direto e brinca:

“Não. Não gosto, pois nunca ganhei aqui. Só bato na trave e isso me dá grande frustração. Bem que eu gostaria de ganhar agora, mas com o restritor sei que vai complicar um pouco. Quem sabe eu consiga compensar a redução de potência com meu conhecimento do traçado?”, finalizou o esperançoso Totti.

CALENDÁRIO DE 2015
1º de março – Caruaru (PE)
12 de abril – Campo Grande (MS)
17 de maio – Londrina (PR)
14 de junho – Brasília (DF)
12 de julho – Goiânia (GO)
9 de agosto – Santa Cruz do Sul (RS)
13 de setembro – Curitiba (PR)
4 de outubro – Guaporé (RS)
8 de novembro – Cascavel (PR)
6 de dezembro – São Paulo (SP)


Publicidade


Leia Também:
Anterior:

Próxima: