Smarttech inaugura pista para testes de ruído de veículos leves em Holambra (SP)

A Smarttech, empresa 100% brasileira especializada em tecnologia e serviços de apoio a projetos de engenharia, inaugurou pista para testes de ruídos para veículos leves em seu TechCenter, localizado em Holambra (SP). Com duas alças pavimentadas, uma para aceleração, de 90 metros de comprimento, e outra, de 60 metros, para frenagem do veículo, o conjunto se soma ao já existente, de 5 mil m², em operação no complexo tecnológico da Smarttech, formado por pistas de asfalto e de areia, que se destina à avaliação de ruído de passagem para máquinas rodoviárias e agrícolas sobre pneus e esteira.

PistaA nova pista faz parte do programa de expansão da empresa e é a única independente de que se tem notícia no País a oferecer esse tipo de teste em conformidade com a norma ISO 10844/2014, que especifica as características essenciais de uma superfície para ensaios de medição de ruído emitido por veículos.

O pavimento foi tecnicamente desenvolvido para a minimização da absorção dos ruídos gerados pelo veículo. As medições são feitas por meio de sistemas de aquisição de dados de última geração que permitem a análise de ruído, além de equipamento de análise qualitativa para identificação das fontes de ruído para o diagnóstico e busca de soluções.

De acordo com José Celso Mazarin, diretor de Operações da Smarttech, a localização das pistas do complexo tecnológico de Holambra é privilegiada, e representa importante diferencial. “Estamos em um local onde o nível de ruído ambiente é menor que 35 decibéis, considerado bastante baixo, e, além disso, não há qualquer obstáculo num raio de 50 metros do centro da pista, em conformidade com as normas”, destaca o engenheiro.

Expansão – Ricardo Nogueira, diretor geral de Operações de Serviços da Smarttech, explica que a inauguração da pista e a aquisição de câmara climática, que simula condições ambientais de temperatura e umidade de 70°C negativos a 180°C positivos para avaliação de resistência estrutural a cargas térmicas – o equipamento é o primeiro no Brasil em serviços independentes para projetos de engenharia com essas temperaturas – lançaram a empresa em uma nova fase de expansão.

“Somos o primeiro centro tecnológico independente da América Latina com investimentos em infraestrutura, tecnologia e capacitação para o atendimento a testes no Brasil habitualmente realizados apenas no Exterior, nos centros tecnológicos das próprias empresas desenvolvedoras dos projetos; a demanda local de produtividade existe e estamos capacitados para atendê-la no País”, assinala Nogueira.

Tech Center– Com foco nas demandas de produtividade e qualidade do produto de fabricantes do setor automotivo, de máquinas agrícolas, óleo e gás, bens de consumo e eletroeletrônicos, o TechCenter da Smarttech ocupa área de 37 mil m², dos quais 1,7 mil m² construídos – 1,1 mil m² ocupados exclusivamente por laboratórios. O complexo abriga ainda setores administrativo, engenharia e treinamento.

Laboratórios – Destaques do TechCenter, os laboratórios simulam em computador ensaios com componentes pequenos e de grande porte, de qualquer segmento, do automotivo, militar até de bens de consumo e telecomunicações.

Os testes são feitos em Shakers Eletrodinâmicos (vibrações mecânicas) e Atuadores Hidráulicos (fadiga, durabilidade), incluem sloshtest (vibração de tanque de combustível) e atendimento a normas ISO 3471 de ROPS (Rollover Protective Structures) e a norma ISO 3449 de FOPS (Falling Object Protective Structures), além de ancoragem de bancos e cintos de segurança.

Opera também no TechCenter uma câmara acústica, que dá suporte à identificação de fonte de ruídos, testes comparativos, e solução de problemas. Os laboratórios possuem ainda equipamentos para medição de ruído, vibração, temperatura, pressão e extensometria (dispositivo que mede deformações estruturais), cujos trabalhos podem ser realizados em laboratório ou em campo.

Mais...


Leia Também:
Anterior:

Próxima: