Fábrica da Volkswagen do Brasil em Taubaté celebra 150 mil up! produzidos e anuncia novos mercados para exportação do modelo

2016 é o ano em que a fábrica da Volkswagen do Brasil em Taubaté comemora 40 anos de atividades. Além desse marco histórico, a empresa também celebra conquista da marca de 150 mil up! produzidos desde o seu lançamento, em 2014, das quais mais de 20 mil foram exportadas. O modelo já é enviado para Argentina, México, Uruguai e Peru e acaba de conquistar mais três novos mercados: o Paraguai, que já recebeu as primeiras unidades do modelo, e mais Costa Rica e Curaçao, países para os quais os embarques começarão nas próximas semanas.
O número de produção do modelo fabricado com exclusividade em Taubaté está representado pelo speed up!, com o novo motor 1.0 TSI Total Flex, da família EA211. O evento de celebração contou com a presença do CEO e presidente da Volkswagen do Brasil, David Powels, do vice-presidente de Finanças e Estratégia Corporativa, Osmair Garcia, do vice-presidente de Operações, Antonio Pires, do vice-presidente de Recursos Humanos, Nilton Junior, do diretor da fábrica de Taubaté, Marcos Aparecido Ruza, do diretor de Qualidade Assegurada, Richard Schwarzwald, do diretor de Engenharia de Manufatura, Celso Placeres, além de executivos e colaboradores da unidade.

A história da unidade, que iniciou suas atividades em 1976, começou com a produção de peças plásticas injetadas, peças metálicas estampadas e tapeçaria para atender à fábrica de São Bernardo do Campo, é marcada pela evolução tecnológica e o pioneirismo, com a fabricação de grande parte dos modelos de maior sucesso da Volkswagen no País. Foi em Taubaté que foi produzido o primeiro Gol, o veículo mais vendido, produzido e exportado de todos os tempos da indústria automobilística nacional. E é nessa fábrica que também são produzidos exclusivamente os modelos up!, cross up! e Novo Voyage.
A fábrica é uma das mais avançadas do Grupo Volkswagen em termos de tecnologia, após os recentes investimentos na ordem de R$ 1,2 bilhão para a produção do up! no País.

“Nessas quatro décadas de história, a fábrica de Taubaté sempre foi estratégica para a Volkswagen do Brasil e muito importante para o Grupo Volkswagen. Toda a tecnologia investida na unidade valorizam nossos produtos e permitem que o up! TSI, por exemplo, tenha sido um dos modelos mais premiados pela imprensa especializada no País com 11 conquistas em cinco meses. Os modelos que produzimos em Taubaté atendem aos mercados interno e externo, prova disso é que o up! já está sendo exportado para sete países e em breve deverá chegar a outros mercados, ratificando a qualidade dos nossos produtos em níveis internacionais, que asseguram a competitividade da marca mesmo em momentos desafiadores no mercado nacional”, destaca o presidente da Volkswagen do Brasil, David Powels.
O diretor da fábrica Marcos Aparecido Ruza destaca que o perfil da unidade sempre foi de assumir grandes desafios e novos projetos. “O Gol e o Voyage nasceram aqui em Taubaté na década de 1980 e representaram grandes desafios por conta das características inovadoras dos modelos para a época. Esse perfil marcante continuou com todas as gerações do Gol e agora com a produção do up! isso não foi diferente. Hoje temos uma fábrica eficiente e altamente tecnológica, com capacidade de produzir carros modernos seguros e com a qualidade necessária para satisfazer nossos clientes e contribuir com a competitividade da empresa”.

Atualmente, a fábrica de Taubaté emprega cerca de 4.000 pessoas, produz todas as versões do up! e Voyage, além do Gol (que também é produzido na unidade da Anchieta), para atender os mercados interno e externo.

História

A decisão de construir a fábrica foi tomada em 1970, na época do “Milagre Econômico”. O primeiro passo foi a aquisição de 14 propriedades rurais no distrito de Quiririm, somando 3,8 milhões de m². Os trabalhos de terraplenagem, infraestrutura e construção começaram em 1973 e foram finalizados dois anos depois. No canteiro de obras, trabalharam 27 empresas e cerca de 3.000 pessoas.

A produção de carros deveria começar já em 1976, com a Brasília, mas foi adiada em razão da “Crise do Petróleo”. A fábrica passou a produzir então peças para a unidade de São Bernardo do Campo. Até aquela data, os investimentos na implantação da fábrica já somavam mais de US$ 100 milhões. No dia 1º de dezembro 1978, finalmente, saiu da linha de montagem o primeiro carro produzido em Taubaté: o Passat.

Em fevereiro de 1980 é que a fábrica de Taubaté começou a produzir o Gol, equipado com motor a gasolina 1.3 litro, refrigerado a ar. Três anos depois, a fábrica produziu também a Saveiro que, em 1988, voltou para a fábrica da Anchieta. Em 1985, a unidade passou a fazer a Parati. No ano seguinte, foi feito também o Voyage, cuja produção foi encerrada em 1995 e retomada em Taubaté no ano de 2008. Em 1990, a fábrica atingiu a marca de 1.000.000 de carros produzidos. Mais três anos depois, tornou-se a primeira montadora de veículos da América do Sul a receber o Certificado de Qualidade ISO 9002. Em dezembro de 2001, a fábrica recebeu recomendação para obter o certificado de qualidade na gestão ambiental ISO 14.001. O chamado “selo verde” ajudou na estratégia da Volkswagen do Brasil para a conquista do mercado externo. Nessas quatro décadas a fábrica já produziu mais de 6 milhões de veículos em toda a sua história.

Mais...


Leia Também:
Anterior:

Próxima: