Brasil Fretes conquista novos usuários e apresenta crescimento contínuo

Em apenas cinco meses de atividade a plataforma e aplicativo Brasil Fretes, que facilita a negociação entre transportadores e embarcadores, tem alcançado e agradado o seu público alvo, apresentando crescimento contínuo da ordem de 30% ao mês. O sucesso do negócio é de fácil explicação, uma vez que o aplicativo tem se tornado cada vez mais popular entre os caminhoneiros autônomos, além de contar com cerca de 150 novos usuários por dia, além da participação das principais transportadoras do País como a Expresso Mirassol, por exemplo.

A empresa tem motivos para comemorar. Além da rápida propagação do aplicativo no Brasil, as primeiras inserções internacionais já foram efetivadas nos EUA em Houston e no Chile, na cidade de Val Paraiso. “Os usuários da Brasil Fretes já entenderam que nossa ferramenta é sem dúvida a mais completa do mercado, simplesmente porque consegue oferecer o que realmente interessa: bons e rentáveis negócios para ambas as partes envolvidas que negociam diretamente sem qualquer tipo de intermédio, e este é um dos nossos diferenciais em relação à concorrência”, diz Leonardo Ribeiro, Gerente Comercial da Brasil Fretes.

De acordo com o executivo, o crescimento acelerado do aplicativo se deve à sua eficiência e facilidade na concretização de negócios, qualidade rapidamente propalada pelos próprios usuários satisfeitos. Em função dos bons sinais vindos do mercado, a empresa prepara um pacote com novas funcionalidades para alcançar cada vez mais novos usuários na América Latina.

De acordo com Ribeiro um dos principais diferenciais para o usuário do Brasil Fretes é que ao utilizar-se da plataforma o usuário assume controle total de todas as ações e negócios. Enquanto uma empresa insere uma demanda por frete, um transportador insere uma oferta de carga e manifesta interesse na carga. “A negociação é aberta instantaneamente para os usuários por meio de “chat”, gerando assim ganhos em cada oportunidade de negócio”, conclui o gestor.



Leia Também:
Anterior:

Próxima: