Publicidade

Posidonia desembarca na Intermodal com embarcações e serviços

A Posidonia, empresa especializada no transporte de cargas pela costa brasileira (cabotagem) e longo curso, anuncia participação no Intermodal South America, maior evento do continente americano para os setores de logística, transporte de cargas e comércio exterior. A conferência acontece em São Paulo de 5 a 7 de abril, no Transamérica Expo Center.

Durante a feira, a Posidonia trará mais informações sobre o navio multi-prósito Posidonia Bravo, embarcação em fase avançada de construção no Rio Grande do Sul. Tem custo estimado de US$ 17 milhões, possui capacidade para transportar 2,7 mil toneladas e atenderá a demanda de cargas especiais para projetos de infraestrutura.

“Esse navio é uma das grandes apostas da empresa para se diferenciar em relação à concorrência. É uma embarcação versátil e apta para navegar em todo o território nacional. Outra vantagem dela é que terá a versatilidade de um navio moderno para fazer muitos tipos de manobras nos principais portos do Brasil”, explica Abrahão Salomão, sócio da Posidonia.

Até 2020 a empresa pretende investir cerca de US$ 100 milhões na aquisição e afretamento de novas embarcações. Com a ampliação da frota, a Posidonia terá condições de melhorar sua competitividade, oferecer serviços com menores custos e dobrar sua participação no mercado.

Outra embarcação que chega para compor a frota é a P. Fenix. Afretado pela companhia, o navio de carga geral tem capacidade para transportar 2,7 mil toneladas e é utilizado para remessa de cargas secas unitizadas e especializadas de projetos de infraestrutura.

Em outra frente mais ousada, a Posidonia também planeja construir mais três navios com capacidade de até 15 mil toneladas a partir do próximo ano. Cada embarcação consumirá cerca de US$ 27 milhões de investimento, com parte bancada pelo Fundo de Marinha Mercante (FMM).

“A Posidonia é uma empresa nova e vem aumentando gradualmente a sua participação no mercado nacional. Buscamos apresentar na Intermodal todas as nossas soluções para transporte marítimo de carga, com máxima eficiência e agilidade, a todos os players da indústria”, diz Abrahão.

Além do Posidonia Bravo e P.Fenix, a companhia opera com navios próprios, afretados e administrados. A empresa atua em projetos que vão do abastecimento e suporte a plataformas marítimas ao transporte de automóveis e cargas especiais entre os portos do Brasil e Argentina.

A Posidonia atua em seis segmentos estratégicos: armação, administração e operação de navios (ship management); transporte feeder de contâineres; transporte de granéis sólidos e líquidos; transporte de carga geral e veículos, operação de apoio marítimo e transporte de projetos especiais.

A empresa nasceu em julho de 2010 na cidade do Rio de Janeiro, mas deu início às operações em abril de 2013. Emprega hoje cerca de 100 funcionários, entre pessoal embarcado e em solo. Em 2015, movimentou 525 mil toneladas de carga transportada, distribuídos em graneis sólido, líquido e carga geral. Entre os principais clientes figuram nomes de peso como Raízen, Trafigura, DHL e Deugro.

Serviço:
Evento: Intermodal South America
Data: 5 a 7 de abril
Local: Transamérica Expo Center
Horário: 13h às 21h


Publicidade


Leia Também:
Anterior:

Próxima:

Publicidade