Publicidade

Geraldo Piquet mata a saudade da F-Truck e aprova o novo equipamento

Depois de mais de um ano longe das pistas da Fórmula Truck, a preocupação de Geraldo Piquet nesta sexta-feira em Curitiba era se adaptar ao caminhão Ford de motor 9 litros. E a programação foi cumprida à risca.

Piquet“O dia foi produtivo, não tivemos nenhum problema mecânico e consegui dar todas as voltas que tínhamos programadas para os treinos livres. Deu para sentir o caminhão, é bem diferente do que eu estava acostumado: tem menos potência, mas é bem mais ágil nas curvas, com a distância entre eixos mais curta. O câmbio tenho que trabalhar mais, porque demanda mais troca de marcha. Foi bom para voltar a acelerar na categoria e válido como o primeiro dia. Mas ainda tem margem para melhorar até pegar o ritmo de novo”, disse o vice-campeão de 2008 e 2011.

Neste sábado acontece a tomada de tempo e a largada para a corrida é no domingo, às 13h, com transmissão ao vivo pela Band.


Publicidade


Leia Também:
Anterior:

Próxima:

Publicidade